Tinga foca no Brasileiro após eliminação contra o Ceará: "tem que ter cabeça fria e trabalhar"

Lateral acredita que os 9 dias que o Fortaleza terá para se preparar contra o Furacão podem ser uma vantagem no confronto

tinga
Legenda: Tinga se recuperou de lesão
Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza

Um dos destaques do Fortaleza na volta do futebol, o lateral direito Tinga não pôde atuar os 90 minutos contra o Ceará, na partida que culminou com a eliminação do tricolor na Copa do Nordeste. Recuperado de uma lesão na coxa esquerda, ele só entrou no final e pouco conseguiu fazer para evitar a derrota ante o maior rival. Agora 100%, ele já projeta a estreia do Tricolor contra o Athletico/PR, dia 8 de agosto, às 19h.

"A gente tem que ter cabeça e fria e trabalhar. Todo mundo queria vencer um campeonato tão difícil que foi a Copa do Nordeste, mas a gente tem que levantar a cabeça. Temos mais três campeonatos para disputar e a gente vai lutar, nos entregar ao máximo. Sabemos que na semana que vem já tem jogo e não vai parar. O bom é isso. Semana que vem já tem jogo, vamos mudar a chave, pensar no Brasileiro, e a gente tem condições de fazer um grande campeonato de novo".

Tinga acredita que os 9 dias que o Fortaleza terá para se preparar contra o Furacão podem ser uma vantagem no confronto. "A gente vai ter um tempo a mais de treinar. O Athletico vai ter decisão de estadual, final de semana e meio de semana. A gente sabe que eles vão ter pouco tempo e vamos ter que já, no primeiro jogo, dar o máximo, nos entregar, e na quarta-feira já tem outro. Temos que focar cada vez mais. Jogo a jogo, cada jogo uma final para nós, e a gente tem condições de fazer um grande jogo e conseguir os primeiros 3 pontos".

O Fortaleza treina de forma intensiva para a estreia no Campeonato Brasileiro contra o Athletico/PR. O objetivo tricolor é apresentar melhor condicionamento físico e técnico para larga de forma positiva na competição.