Time de Zico vence e agora enfrenta o Real no Mundial; River joga contra Al Ain

As semifinais do Mundial de Clubes, disputado nos Emirados Árabes Unidos, foram definidas neste sábado (15). O Real Madrid enfrentará o Kashima Antlers, do Japão, enquanto o River Plate, da Argentina, vai pegar o Al Ain, dos Emirados Árabes.

As semifinais do Mundial de Clubes, disputado nos Emirados Árabes Unidos, foram definidas neste sábado (15). O Real Madrid enfrentará o Kashima Antlers, do Japão, enquanto o River Plate, da Argentina, vai pegar o Al Ain, dos Emirados Árabes.

O confronto entre asiáticos e europeus, a ser realizado na próxima quarta-feira (19), às 14h30, é uma possibilidade de revanche do time japonês, derrotado por 4 a 2 pelo espanhol na final da edição de 2016 do torneio.
Na ocasião, O Kashima Antlers deu um sufoco na equipe de Cristiano Ronaldo e companhia. O jogo no tempo normal terminou empatado em 2 a 2 e só foi decidido na prorrogação. A partida ainda teve polêmica na arbitragem com a não expulsão do zagueiro e capitão madrileno Sergio Ramos, em lance em que o jogador deveria ter levado o segundo cartão amarelo.

Na partida deste sábado contra o Chivas, o clube do Japão saiu atrás no placar. O gol mexicano foi marcado no primeiro tempo pelo atacante Zaldívar.
A virada japonesa veio no segundo tempo. Aos 3 minutos, o volante Nagaki empatou a partida após cruzamento de Doi, que recebeu belo passe do brasileiro Serginho, grande destaque da equipe e que, de pênalti, colocou seu time na frente, aos 23 min.

O Kashima, dos também brasileiros Léo Silva e Leandro -e do diretor Zico- ainda fez o terceiro, aos 38 min, com Abe. Pulido descontou para o Chivas, após rebote de pênalti desperdiçado por ele, aos 48 min.

Também neste sábado, o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, derrotou o tunisiano Espérance por 3 a 0 e se classificou para encarar o River Plate, na terça-feira (18), na outra semifinal do torneio, às 14h30.
Na primeira fase do Mundial, o Al Ain já havia superado o Team Wellington, da Nova Zelândia, por 4 a 3 na decisão de pênaltis, após empate por 3 a 3 no jogo.


Categorias Relacionadas