Thiago Neves cobra R$ 20 milhões do Atlético-MG após quase acerto

Meia alega danos morais e afirma que havia um pré-contrato assinado

Legenda: Thiago Neves tinha acerto com o Atlético-MG, mas protesto da torcida fez o clube desistir
Foto: Anderson Stevens / Sport

A quase ida de Thiago Neves ao Atlético-MG foi parar na Justiça. O meia, anunciado pelo Sport, cobra R$ 20 milhões do Galo por conta da reviravolta no começo da semana. O clube desistiu da negociação depois da torcida alvinegra se manifestar contra a contratação do jogador de 35 anos. A diretoria do time mineiro contesta.

Segundo apurou a reportagem, o estafe de Thiago Neves enviou uma notificação extrajudicial ao presidente Sérgio Sette Câmara e ao diretor de futebol Alexandre Mattos cobrando R$ 20 milhões e alegando danos morais.

Pessoas ligadas ao jogador dizem ter áudios e mensagens que comprovam que tudo estava certo entre Thiago Neves e Atlético-MG, inclusive com um pré-contrato assinado.

De acordo com trecho do documento ao qual a reportagem teve acesso, há um termo que "fixou o dever das partes iniciarem, de imediato, vínculo empregatício desportivo".

O clube mineiro, por sua vez, considera absurda a pedida de Thiago Neves e nega que exista um pré-contrato assinado.

Mesmo depois da desistência por parte da diretoria, organizadas do Atlético-MG foram à porta da sede administrativa do clube, em Belo Horizonte, para protestar contra a quase contratação do jogador, que se tornou desafeto dos torcedores por causa das provocações durante a sua passagem pelo Cruzeiro.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados