Série B do Cearense tem início hoje após espera de seis meses

Segunda divisão estadual estava marcada para meados de abril e foi adiada devido à pandemia de Covid-19. Clubes de tradição tentam retornar à elite do futebol cearense como Icasa e Tiradentes

Toinho, falecido ano passado, era o mascote do Icasa nos bons momentos do Verdão na Série A do Cearense
Legenda: Toinho, falecido ano passado, era o mascote do Icasa nos bons momentos do Verdão na Série A do Cearense
Foto: Lucas de Menezes

Depois de muita espera, a Série B do Campeonato Cearense 2020 começa neste sábado (24), com a final prevista para o dia 13 de dezembro. Programada antes para meados de abril, a competição foi adiada devido à pandemia de Covid-19, dificultando ainda mais a preparação dos clubes que buscam subir à elite estadual.

Serão 10 times se enfrentando em turno único na 1ª fase em busca da classificação para as quartas de final. As duas equipes que não avançarem caem para a Série C do Campeonato Cearense. A partir das quartas de final, serão partidas de ida e de volta. Apenas os dois finalistas sobem para a 1ª divisão.

Nesta edição, Crato, Campo Grande, Icasa, Pacatuba, Iguatu, União, Maranguape, Itapipoca, Tiradentes e Guarani de Juazeiro disputam o acesso, sendo Iguatu e Guarani os recém rebaixados e Pacatuba e Itapipoca os clubes que subiram para a Segundona. Tiradentes e União são os únicos representantes da Capital.

Cariri bem representado

O Icasa, único campeão cearense da região do Cariri (no título dividido em 1992 entre Fortaleza, Ceará, Tiradentes e Icasa), estreia diante do Pacatuba às 15h30, no Inaldão, em Barbalha. Na pré-temporada, a equipe treinada por Washington Luiz realizou amistosos contra o time da cidade de Exu, com triunfo por 5 a 0.

França Bezerra, presidente do Verdão, garante que o grupo está pronto para os desafios da nova temporada. “Nosso time está preparado, seguindo todos os protocolos. Infelizmente, o futebol é o mais massacrado sem o público. É como arroz sem sal. O Icasa está com 99% do elenco completo”, afirma o dirigente.

Apenas um jogador não foi regularizado no Icasa por ter vindo de outro país: o volante Dodó, velho conhecido da torcida, voltou da Turquia, onde atuava pelo Boluspor, na 2ª divisão nacional. 
O Iguatu enfrenta o União no domingo (25), no Morenão, após longo período de preparação com o novo elenco e duas vitórias em amistosos contra times amadores da região.

"Fizemos quase 30 dias de pré-temporada. Neste ano, mesclamos o time com atletas da casa e algumas contratações para deixar o elenco competitivo e buscar o acesso à 1ª divisão. A equipe está completa e preparada para a estreia. Esperamos alavancar com três pontos no início da competição”, explica Gabriel Uchôa, presidente do clube.

Já o Guarani de Juazeiro encara o Tiradentes, no Raimundão, também no domingo, depois de 24 dias de preparação e uma goleada por 6 a 0 contra um selecionado da cidade de Aurora.

“A equipe está toda apta para jogar. Vamos fazer um treino no CT do Floresta antes. Nosso principal objetivo é retornar o time à primeira divisão. Caímos no ano passado por vacilo da diretoria antiga”, contou Rommel Caldas, presidente rubro-negro.

Série B do Cearense - 1ª Rodada

Hoje, 24
15h30 Crato x Campo Grande
15h30 Maranguape x Itapipoca
15h30 Icasa x Pacatuba

Amanhã, 25
15h30 Tiradentes x Guarani/J
15h30 Iguatu x União

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte