"Seria a coisa mais triste pra mim me despedir sem a presença do torcedor", diz Ceni após título

Técnico indicou possível saída do Fortaleza em entrevista no gramado durante comemoração do bicampeonato cearense

Legenda: Rogério Ceni cumprimenta Tinga no título cearense de 2020
Foto: Thiago Gadelha

O técnico Rogério Ceni comemorou o bicampeonato cearense conquistado pelo Fortaleza nesta quarta-feira (21), em outra vitória sobre o Ceará, mas indicou em entrevista no gramado após o jogo que pode estar próximo de sair do clube tricolor.

"Esses caras trabalham demais e me suportam no dia a dia. Dedico o título à torcida. A gente lamenta muito ver o Castelão vazio hoje, mas tenho certeza que cada um, em casa, tá comemorando. Tem torcedor do Fortaleza espalhado no mundo todo comemorando. Conseguimos entregar o 4º título em quase três anos aqui. Lamento muito não comemorar um título com a torcida aqui dentro. Uma das coisas que mais tenho receio e fico com medo é de não conseguir me despedir disso com a casa cheia. Seria uma tristeza muito grande. Como a gente não sabe como nossa carreira segue, seria a coisa mais triste para mim não conseguir me despedir sem a presença do torcedor", afirmou o treinador depois do título.

Ceni faturou o 2º Campeonato Cearense pelo Leão do Pici com as duas vitórias nos Clássicos-Rei. O 1º foi diante do rival alvinegro no ano passado, quando também levou a inédita Copa do Nordeste, depois de ser campeão da Série B do Brasileirão em 2018.

O próximo compromisso tricolor é diante do São Paulo, ex-clube de Rogério, pelo jogo de volta das oitavas de final Copa do Brasil, neste domingo (25), às 20h30.

Ouça o 'FortalezaCast': 

Powered by RedCircle

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte