São Paulo decide não pedir anulação de empate com o Ceará por erro de arbitragem

Erro de Direito ocorreu no 2º tempo, com gol de Pablo, impedido

Legenda: Jogo terminou em 1 a 1 na Arena Castelão
Foto: Kid Junior

O São Paulo não irá pedir a anulação do jogo contra o Ceará da última quarta-feira (25), pela Série A do Brasileirão, pelo erro de Direito cometido pela arbitragem de Wágner do Nascimento Magalhães. A informação é do GloboEsporte.com.

O árbitro confirmou um gol impedido do atacante tricolor Pablo, na 2ª etapa, após a revisão do VAR e apitou o reinício do duelo. Porém, logo parou o jogo para anular o tento depois de uma nova consulta ao árbitro de vídeo.

Para o clube paulista, o imbróglio na justiça desportiva poderia causar mais prejuízos e "manchar" um possível título nacional. Ao fim do empate, o diretor de futebol Raí havia afirmado que o São Paulo iria atrás dos seus direitos.

Nesta quinta-feira (26), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que "a Comissão Nacional de Arbitragem facultou aos clubes envolvidos na partida a possibilidade de comparecerem à sede da entidade para os esclarecimentos que se façam necessários" após analisar vídeos e áudios do momento.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte