Rogério Ceni elogia entrega do Fortaleza e critica arbitragem: "conduziu mal a partida"

Partida da volta será no dia 25, no estádio do Morumbi, em São Paulo

ceni
Legenda: Rogério Ceni criticou arbitragem de Fortaleza x São Paulo
Foto: Kid Junior/SVM

Fortaleza e São Paulo fizeram um grande jogo no empate em 3 a 3, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (14). Entretanto, um dos protagonistas foi o árbitro Rodolpho Toski Marques, que teve atuação que prejudicou o andamento do jogo e gerou reclamações do técnico Rogério Ceni.

"O time não sofreu o empate no final, sofreu ao longo do tempo, com a arbitragem que foi colocada em prática hoje. Quando o time tem um jogador expulso, em dúvida por ter chamado o VAR. E quando um árbitro não tem capacidade de conduzir uma partida por causa de um jogador que vai ser substituído. Ele (Carlinhos) tomou um cartão amarelo porque não saiu pelo lado de onde o árbitro queria, além de o árbitro empurrar o jogador no meio do caminho. Ele gastou mais tempo com o vermelho do que o jogador sairia. Ele não soube conduzir, não teve a experiência ou a maturidade necessária para conduzir o jogo. Quando um árbitro desagrada muito os dois lados, aí a gente pede com educação para a comissão de arbitragem que reveja. Conduziu mal a partida", reclamou Ceni.

Apesar da queixa com a arbitragem, o treinador leonino elogiou o desempenho da equipe.

"A vontade que esse time tem de vencer e de se entregar dentro de campo, isso é inegável. A parte tática é o que ele se dedica, claro que sabemos que algumas equipes possuem um jogo tecnicamente às vezes melhor do que o nosso, mas a gente compete até o fim, isso deixa a gente orgulhoso".

Para o treinador, o confronto está em aberto, apesar do favoritismo do São Paulo.

"O São Paulo continua com seu favoritismo, é inegável. Nós poderíamos ter matado o jogo com o Yuri, na arrancada que a bola deu na trave. Não somos um time que costuma desistir do jogo antes de acabar, não costumamos desistir antes de jogar".

A partida da volta será no dia 25 de outubro (domingo),  às 20h30min, no Morumbi.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte