Rogério Ceni avalia derrota para o Vasco: "Nosso jogo mais abaixo da média"

Técnico ficou na bronca com a baixa produção do Fortaleza em São Januário, neste domingo (13)

Legenda: No retorno ao clube, Ceni comandou o Fortaleza contra Botafogo, São Paulo, Chapecoense e Vasco
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

O técnico Rogério Ceni ficou na bronca com o desempenho do Fortaleza durante a derrota por 1 a 0 para o Vasco, neste domingo (13), em São Januário. O comandante avaliou o resultado como sendo o pior da equipe tricolor desde o seu retorno, em setembro, tendo enfrentado Botafogo, São Paulo e Chapecoense.

"Produzimos pouco, foi o nosso jogo mais abaixo da média. O 2º tempo foi praticamente nulo, o 1º tempo ainda foi equilibrado, já no 2º tempo, praticamente nada. Eles ainda tiveram escanteio, então a bola parada deles funcionou. Com as mudanças, não conseguimos evoluir", destacou.

> Leão tem três desfalques confirmado contra o Flamengo

Em campo, o Leão finalizou sete vezes, enquanto os donos da casa acumularam 17 arremates. Mesmo com a pressão, o tento cruz-maltino ocorreu em penalidade convertida por Yago Pikachu, aos 23 do 2º tempo. Ceni questionou o fato do árbitro Daniel Nobre Bins não ter assistido ao lance no monitor de vídeo.

"Não consigo ter uma certeza sobre o pênalti. Achei curioso ele nem olhar. Contra o Botafogo, tivemos um pênalti a nosso favor, ele também não olhou, só que não deu. Hoje deu e nem sequer consultou. Não jogamos bem até o momento do pênalti", ressaltou.

A delegação tricolor se reapresenta nesta segunda-feira (14), às 15h30, em atividade no Estádio Alcides Santos. Na tabela, o Fortaleza é o 15º, com 28 pontos - três a mais que o primeiro da zona de rebaixamento, CSA (25). O próximo compromisso é diante do Flamengo, quarta, às 20 horas, na Arena Castelão.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte