Rogério Ceni analisa empate no Clássico-Rei: 'Foi um jogo bem equilibrado'

Fortaleza e Ceará fizeram uma partida de muita disputa, mas não saíram do 0 a 0

Legenda: Rogério Ceni dá instruções para sua equipe durante Clássico-Rei deste domingo (10).
Foto: Foto: Camila Lima

Após empate sem gols entre Fortaleza e Ceará, na tarde deste domingo (10), pela 6ª rodada do Campeonato Cearense, na Arena Castelão, Rogério Ceni fez sua análisa da partida. Para o técnico Tricolor, a partida foi equilibrada, mas acredita que o adversário teve as melhores oportunidades do jogo.

"Pelo número de chances reais criadas, pode se dizer que a gente perdeu a chance de levar três pontos", opiniou o treinador do Leão. "Mas o jogo, como um todo, foi bem equilibrado. Houveram momentos de controle de bola do Ceará, momentos em que o Fortaleza controlou o jogo".

Pelo lado Tricolor, as melhores chances saíram dos pés do atacante Júnior Santos e de Edinho. O camisa 9 do Leão teve a chance de fazer o gol da vitória no fim da partida, em um contra-ataque, mas foi impedido pelo volante alvinegro Juninho, que se jogou no lance para evitar que a bola entrasse no gol.

"Criamos várias oportunidades cara à cara com o Richard. O Ceará teve as melhores oportunidades. Bola no travessão, uma defesa que o Marcelo Boeck colocou pra fora. O Ceará controlou bem o jogo nos 15 minutos finais".

Com dores, o zagueiro Juan Quintero precisou deixar o gramado para receber atendimento médico do lado de fora deixando a equipe, que já havia feito as três substituições, com um jogador em campo a menos.

"Tirando o momento que ficamos com um jogador a menos, foi um jogo bem equilibrado. Para mim, foi um dos melhores jogos que eu vi nesses últimos dois meses do ano de todos os campeonatos. Foi um jogo muito disputado, com muitas oportunidades", finalizou.

Fortaleza e Ceará se enfrentam novamente no outro domingo (17), às 18h, na Arena Castelão, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte


Tom Barros 17 de Outubro de 2020