Reformulado, Basquete Cearense inicia NBB contra o Rio Claro

O Carcará conta com caras novas para alcançar o objetivo de chegar aos playoffs. Com as duas primeiras partidas em casa, intenção é de largar com vitórias para começar bem e manter regularidade na competição

Legenda: Felipe Ribeiro comanda Carcará no NBB desta temporada
Foto: Helene Santos

A bola vai voltar a subir! Depois de muita espera e expectativa, o Basquete Cearense retomará as atividades oficiais e estreia, hoje, na temporada 2019/2020 do Novo Basquete Brasil (NBB). Mais do que a primeira partida na competição, o jogo contra o Rio Claro, às 19h30min, no Centro de Formação Olímpica (CFO), será também a chance para que os torcedores possam conhecer os novos integrantes da equipe, que está com muitas caras novas.

Ao contrário dos últimos anos, em que apostou na manutenção de boa parte do elenco na mudança de uma temporada para outra, o Carcará realizou grande reformulação no grupo de jogadores, e este é um dos trunfos para surpreender. “Têm muitas caras novas. A gente praticamente montou um elenco quase que novo. Ficaram poucos atletas da temporada passada, mas a filosofia é a mesma, as ideias são as mesmas. Acreditamos que podemos fazer bons jogos com um time que vai prevalecer a defesa. Como nós, cearenses, vai ser um time aguerrido do começo ao fim”, destacou o treinador Dannyel Russo.

Um desses novatos é o ala/pivô Brandon Davis. Recém-contratado, ele passa a ser o 3º norte-americano do elenco, que tem ainda o armador Dontrell Brite e o ala Rashaun Durrel, estes já remanescentes. “Neste ano, temos chance de chegar longe, mesmo que nos últimos três anos não tenhamos chegado. Temos treinado forte, todo dia, pra chegar aos playoffs. Esse é nosso objetivo”, destacou Rashaun.

Destaque também para os jovens valores revelados na base do Carcará. É o caso do ala/armador Gabriel e dos armadores Bruninho, João Gabriel e Lassance, todos atletas novos que estão no elenco. Além deles, nomes experientes, como de Mathias (pivô), Cauê (armador) e Marcão (pivô) também estão na equipe.

Começar bem

Na última temporada, o Basquete Cearense sofreu cinco derrotas seguidas nas cinco primeiras rodadas. O péssimo início acabou atrapalhando a performance do time, que mesmo assim conseguiu fazer campanha de recuperação e garantiu a classificação aos playoffs, passando pelo Paulistano nas oitavas e perdendo para o Mogi das Cruzes nas quartas de final.

Agora, a intenção é que o time possa largar bem para manter a regularidade da campanha. E a aposta é nas duas primeiras rodadas. Após o duelo contra o Rio Claro, o Basquete Cearense fará outro jogo em casa, contra o Pato Basquete, na sexta-feira (18), às 19h30, também no CFO.

Um dos principais líderes do grupo, porém, segue sendo um atleta que tem grande identificação com o Carcará. O ala/pivô Felipe Ribeiro, no auge dos seus 40 anos, vai para a sua 7ª temporada atuando pelo time cearense, sendo a 5ª consecutiva. Para o atleta, a torcida será determinante para boa campanha. “Mais uma vez contar com apoio da torcida. A gente tem uma equipe totalmente reformulada, mas aquela filosofia de time aguerrido, que vem a cada dia querendo se superar e provar que pode chegar entre os grandes continua”.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte