Reforçado, Ferroviário estreia na Série C contra o Botafogo/PB

A luta pelo acesso à 2ª divisão recomeça para o Tubarão da Barra neste domingo, na Arena Castelão, diante do Belo, eliminado da Copa do Nordeste, do Paraibano e sem treinador após a demissão de Mauro Fernandes.

Legenda: Ferroviário tenta engatar segunda vitória na Série C
Foto: Foto: Pedro Chaves/FCF

Chegou a hora de o Ferroviário brigar mais uma vez pelo seu maior objetivo: o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (9), às 20h, o Tubarão recebe o Botafogo/PB na Arena Castelão pela 1ª rodada da Série C nacional. Pouco menos de um mês após a eliminação no Campeonato Cearense, o elenco reformulado do técnico Marcelo Vilar põe à prova suas habilidades para fazer bom começo de campanha na fase de grupos, assim como em 2019.

>Saiba tudo sobre a Série C 2020

Em 2020, foram 15 jogos no total, com 7 vitórias, 5 empates e 3 derrotas. Após a paralisação devido à pandemia de Covid-19, o time coral fez apenas 2 jogos oficiais, empatando com o Caucaia em 0 a 0 e perdendo para o Ceará na semifinal do Estadual por 1 a 0. No sábado (1), venceu o União por 2 a 1, em jogo-treino disputado no Estádio Elzir Cabral, com gols dos reforços Pentecoste e Willian Lira.

Trocas

O elenco coral perdeu várias peças (Tito, Yago, Jonas, Elves e Alan Pires) durante a paralisação. Porém, contratou em atacado, formando um novo plantel para a disputa da Série C. No total, foram 13 reforços na Barra do Ceará, para todos os setores. Dentre eles, o atacante Siloé, que se destacou com o Guarany de Sobral na 1ª fase do Campeonato Cearense. Todos já estão regularizados e podem atuar pelo Tubarão neste domingo.

Nesta edição da Série C, a equipe coral está no Grupo A da fase inicial, junto de Paysandu, Santa Cruz, Treze, Imperatriz, Manaus, Vila Nova, Botafogo/PB, Jacuipense e Remo. Serão 18 rodadas, com jogos de ida e de volta, com os 4 melhores de cada grupo passando à 2ª fase, quando serão formados dois quadrangulares. Desta fase, os 4 melhores dos dois grupos sobem à 2ª divisão nacional, além de disputar a semifinal e a eventual final. Em 2019, o Tubarão liderou o Grupo A da Série C até a 12ª rodada, quando iniciou uma queda de rendimento que o deixou na 5ª posição (25 pontos) ao fim do turno, apenas um ponto atrás da classificação à fase final.

Seu oponente neste domingo, o Belo terminou a competição com a mesma pontuação coral, mas no 6º lugar. O Ferroviário enfrenta um Botafogo/PB em queda, vindo de duas eliminações: diante do Bahia, nas quartas de final da Copa do Nordeste, e contra o Treze, nos pênaltis, pela semifinal do Campeonato Paraibano. O técnico Mauro Fernandes foi demitido após a eliminação no Estadual, tendo passado menos de dois meses no comando da equipe. Enquanto o clube procura um substituto no mercado nas vésperas da estreia no Brasileiro, o gerente de futebol Warley deve assumir de forma interina como treinador neste domingo.

Uma das novas peças de Vilar, o volante Lucas Hulk vê um crescimento no novo grupo coral e afirma que vão aproveitar o momento de instabilidade do adversário a seu favor. "Durante os treinos, vimos uma evolução da equipe, tanto na parte tática quanto na individual. Nossa equipe tem que entender que em cada jogo devemos pontuar, dentro ou fora de casa. O Botafogo é uma equipe qualificada. Sabemos o que a falta de classificação deles provoca no atleta. Vamos tentar jogar em cima dos erros deles", analisou Hulk.

O Ferroviário entra em campo neste domingo com objetivo de estrear com vitória no Brasileirão da Série C. Time da Barra do Ceará enfrenta o Botafogo/PB, que não vem em boa fase após eliminações

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?