Presidente do Flamengo sobre foto de elenco sem máscara: "prendo a respiração e tiro a foto"

Rodolfo Landim concedeu entrevista ao Redação SporTV e explicou pedido para anular jogo contra Palmeiras

Legenda: Parte do elenco do Flamengo apareceu em foto sem máscara na viagem de retorno ao Brasil
Foto: divulgação / Flamengo

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, participou do programa 'Redação SporTV' nesta sexta (25). O dirigente comentou sobre o surto de Covid-19 na delegação carioca que viajou ao Equador para atuar pela Libertadores, com 27 infectados. Ao ser perguntado sobre uma foto dos atletas sem máscara no voo de volta ao Brasil, o mandatário afirmou que é difícil manter o controle.

"É óbvio que, na hora de tirar uma foto, você não fica de máscara. Eu não tiro foto com máscara. Quando vou tirar uma foto, tiro a máscara, prendo a respiração e tiro a foto. Isso acontece com todo mundo. Vamos relevar isso aí. Os jogadores jogam sem máscara, é difícil de conter, é coisa natural. Eles se cumprimentam, se abraçam", declarou.

Legenda: Landim testou positivo para Covid-19 após viagem para o Equador com delegação do Flamengo
Foto: divulgação / Marcelo Cortes

Com muitos jogadores doentes, o clube tenta suspender o duelo contra o Palmeiras, domingo (27), às 16h, em São Paulo, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Landim explicou que a tentativa não é pelos desfalques do Rubro-Negro, mas o risco alto de infecção na partida.

"A discussão para mim não é o número de jogadores. É o período da janela de infecção. Consultamos infectologistas que nos disseram que a carga viral foi absurda dentro do grupo. Alguns podem ter contraído no último momento, no avião, e é necessário cinco dias para dar positivo ou não. Vamos deixar um monte de gente possivelmente contaminada jogando?", argumentou.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte