Presidente do Ceará pede união contra o rebaixamento: "Não existe nenhum problema de racha"

Robinson de Castro afirmou que a diretoria tem cumprido com as obrigações e que algumas peças estão devendo

Legenda: Robinson está na presidência do Ceará desde 2015, com a saída de Evandro Leitão
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

Com o iminente risco de rebaixamento do Ceará, o momento é de união em Porangabuçu. Em entrevista concedida nesta segunda-feira (2), o presidente do clube, Robinson de Castro, afirmou que não há conflito no elenco e que a diretoria tem se doado para afastar o time do Z-4 da Série A do Campeonato Brasileiro.

“Não existe nenhum problema de racha, de salários atrasados, o que se justifica quando o momento não é bom. Simplesmente está faltando bola na rede. Time está jogando bem, fazendo boas partidas. Acho que temos que afastar um pouco essa sombra de maus pensamentos que ficam rondando quando as coisas não estão indo bem e trazer fluidos positivos para que as coisas aconteçam, para que os cosmos conspirem conosco. Todo mundo que tem sangue alvinegro vai conseguir o objetivo que é a permanência”, explicou o mandatário.

“Eu nunca me esquivei, eu nunca me escondi de situações difíceis. É muito fácil está aparecendo, falando nos bons momentos”, declarou Robinson.

A frente do Vovô desde 2015, quando assumiu o cargo ao substituir Evandro Leitão, que se tornou presidente do Conselho Deliberativo, Robinson diminuiu a responsabilidade da diretoria alvinegra. O dirigente ressaltou que a gestão cumpre com o acordado e disse que algumas peças estão devendo.

“A gente está cumprindo com as nossas obrigações. Pagamos a folha dos nossos jogadores do mês de novembro, estamos honrando. Todas as premiações que nós acertamos, estamos passando. Mas muito gente sabe que tem que dar mais, fazer melhor. Tudo o que é possível nós (diretoria) estamos fazendo. O que vai fazer a diferença é a nossa torcida”, explicou.

O próximo jogo do Ceará será quarta-feira (4) contra o Corinthians, às 19h30, na Arena Castelão, pela 37ª rodada. Para o duelo, o clube anunciou a venda de ingressos a partir de R$ 5 (meia) nos setores Superior Central, Inferior Norte, Inferior Central e Inferir Sul.

Na tabela, o Alvinegro de Porangabuçu é o 16º colocado, com 38 pontos. Restando a partida entre Vasco e Cruzeiro para o fechamento da rodada, o Vovô pode terminar no Z-4 se o time mineiro vencer o cruz-maltino. O confronto está marcado para São Januário, às 20h.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte