Por conta de expulsão ainda no Ceará, Dorival desfalca Flamengo na Libertadores

O time carioca não foi pego de surpresa com a suspensão de Dorival e já tinha consultado a CBF e a Conmebol

Legenda: Dorival não comandará o Flamengo na quarta-feira pela Libertadores
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo não terá o técnico Dorival Júnior diante doTolima, nesta quarta-feira (29), às 21h30, pelo jogo de ida das Oitavas de Final da Libertadores. A Conmebol comunicou que o técnico tem um jogo de suspensão a cumprir devido a uma infração ainda como treinador do Ceará, em maio. 

O treinador foi suspenso por "conduta antidesportiva" na partida contra do Vozão contra o Independiente, pela Copa Sul-Americana. Assim, Lucas Silvestre, filho do treinador, e auxiliar técnico, ficará no banco de reservas

O Flamengo consultou a CBF e a Conmebol, assim que o treinador chegou ao clube.

Casos de Covid

Cinco jogadores do Flamengo testaram positivo para Covid-19 e desfalcarão o clube diante do Tolima, na Colômbia, pelas Oitavas de Final da Libertadores. Diego Alves, Arão, Matheus Cunha, Fabrício Bruno e Daniel Cabral testaram positivo e não jogam na partida de quarta-feira, às 21h30, em Ibagué. 

Os atletas não viajaram nesta segunda-feira ( 27) com a delegação para a Colômbia, e o goleiro Kauã, da base, foi relacionado.

Os 5 jogadores serão testados novamente na terça-feira (28) visando a partida de sábado, contra o Santos, às 19h, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. 

Outros desfalques

Além das baixas por Covid-19, o Flamengo também não poderá contar com João Gomes, suspenso, e Bruno Henrique, que só volta a atuar em 2023 após sofrer uma grave lesão multiligamentar no joelho e passar por cirurgia. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte