Pódio cearense no Mundial no Peru

Uma tripla festa cearense agitou, no fim de semana passado, o oásis de Huacachina, um típico bairro peruano que abriga uma das maiores dunas do planeta e é cenário do Mundial de Sandboard. Os atletas do Estado Bruno Sales, Esdras Tikinho e Willame Oliveira dominaram a categoria Big Air e garantiram o inédito pódio para o Brasil.

Cearense Esdras Tikinho subiu no pódio em duas modalidades do Mundial do Peru FOTO: DIVULGAÇÃO

Natural da cidade de Paracuru, Sales, foi o dono da festa. Ele fez uma apresentação perfeita para se tornar campeão mundial. Seus conterrâneos Tikinho e Willame também foram destaque, tanto que terminaram nas segunda e terceira colocações, respectivamente.

Após confirmada sua conquista, Bruno comemorou: "estou feliz com esse resultado. Ainda não estou acreditando que sou campeão mundial, mas dedico este título a todos que acreditaram no meu trabalho. Foi bem difícil a vitória. O evento contou com atletas de alto nível".

Velocidade

Willame Oliveira, atleta da Prainha, também subiu no lugar mais alto do pódio do Mundial de Sandboard - esporte que consiste em descer dunas com uma espécie de prancha similar à prancha de snowboard-, na modalidade Boarder cross (prova de velocidade com obstáculos), enquanto Esdras Tikinho chegou na quarta posição. E Tikinho ainda garantiu um segundo lugar na prova Slalom Gigante.

Pioneira

Antes dessa conquista de Bruno Sales, uma brasileira, e cearense também, havia sido campeã mundial de sandboard, Jéssica Veras, feito alcançado em 2005.
Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?