Paulinho homenageia Oxóssi em comemoração pós-gol que decretou a vitória do Brasil contra a Alemanha

Em recente entrevista ao portal Players' Tribune Football, o atacante do Bayer Leverkusen comentou pela primeira vez sobre a ligação familiar com o candomblé e a umbanda

Legenda: Paulinho comemora gol em homenagem à Oxóssi, divindade das religiões africanas
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Autor do gol que decretou a vitória do Brasil contra a Alemanha, nesta quinta-feira (22), por 4 a 2, na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o atacante Paulinho homenageou, na comemoração, Oxóssi - divindade das religiões africanas, que representa o conhecimento e as florestas - ao fazer o símbolo do arco e flecha.

Em recente entrevista ao portal Players' Tribune Football, o atacante do Bayer Leverkusen comentou pela primeira vez sobre a ligação familiar com o candomblé e a umbanda.

"Cultuar essa filosofia me traz muita energia boa, muito axé. Como assentado e praticante, vou ao meu pai de santo sempre que estou no Brasil e peço proteção aos orixás, principalmente ao meu Pai Oxóssi e à minha Mãe Iemanjá."
Paulinho
Atacante da Seleção Brasileira

Revelado pelo Vasco da Gama, Paulinho está na Alemanha desde 2018. O atacante defende o Bayer Leverkusen, tendo disputado 41 partidas e anotado três gols. Na última temporada, sofreu uma lesão ligamentar no joelho e ficou 10 meses sem atuar, retornando ao gramado apenas em maio deste ano.

Próximo jogo do Brasil

Figurando na Seleção Brasileira desde o Sub-17, o atacante Paulinho foi convocado por André Jardine para integrar o grupo que disputa os Jogos Olímpicos de Tóquio. O Brasil volta a campo no domingo (25) contra a Costa do Marfim, em duelo válido pela 2ª rodada do Grupo D.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte