Para voltar a vencer em casa, Leão encara o embalado Palmeiras

O Tricolor de Aço, que vem de duas derrotas seguidas no Castelão mas fechou o turno com um bom jogo fora diante do Bahia, precisará se superar para bater o Palmeiras, que só venceu até então com o novo técnico Mano Menezes

Legenda: Osvaldo deve ser titular hoje no Leão contra o Palmeiras
Foto: FOTO: CAMILA LIMA

O Campeonato Brasileiro da Série A é repleto de desafios de diferentes níveis, embora todos elevados. E são estes jogos que motivam o torcedor e são capazes de mudar a trajetória de uma equipe com uma vitória. E o Fortaleza terá um destes jogos gigantes, de grau máximo de dificuldade, neste domingo (22), diante do Palmeiras, às 16 horas no Castelão, na abertura do returno da Série A.

Os fatores determinantes para a dificuldade dos jogo são muitos. Primeiro, o momento do adversário: o Palmeiras passou por uma crise que custou o cargo de Luis Felipe Scolari, mas já com Mano Menezes embalou e, com três vitórias seguidas (Fluminense, Goiás e Cruzeiro), voltou a sonhar com o título, já estando na vice-liderança. Para completar, o Palmeiras é o 3º melhor visitante da Série A, com 53,3% de aproveitamento.

Não bastassem os números do adversário, o Fortaleza terá que superar seu retrospecto recente em casa, vindo de duas derrotas - para Internacional e Fluminense - e com desfalques em seu ataque.

O Leão não conta com Wellington Paulista, suspenso, e Felipe Pires, que é desfalque por cláusula contratual. A dupla foi titular no empate com o Bahia por 1 a 1, na Fonte Nova.

Novo ataque

Assim, sem seus dois atacantes titulares, o técnico Zé Ricardo deve escalar seu ataque com: André Luís, Osvaldo e Romarinho. "Quem entrar vai estar preparado. Temos jogadores para suprir a ausência dos dois", disse o zagueiro leonino Jackson.

O contraponto da escalação é Juninho, que retorna ao plantel e tem vaga assegurada no meio-campo.

Todas as adversidades poderão servir de motivação para o time tricolor, somado ao resultado na estreia da Série A, com goleada de 4 a 0 para o Verdão em sua Arena.

Ou seja, tudo que os tricolores querem é mostrar que a equipe evoluiu e pode conquistar um resultado notável diante de sua torcida. "Nestes jogos a motivação é maior. Vencer seria muito importante para nós. Se eles estão motivados para este jogo, pela fase em que eles estão, brigando pelo título, estamos brigando pela nossa permanência na Série A. E, para mim, não tem motivação maior que essa. Esperamos um duelo mais equilibrado do que foi na nossa estreia na Série A contra eles", analisou Jackson.

No Palmeiras, o técnico Manos Menezes deu outra cara ao time e o recolocou na disputa do título. Para o duelo de hoje, com a suspensão automática de Dudu pelo 3º cartão amarelo, Zé Rafael deve ser seu substituto.

"Modificações são coisas que a equipe tem condição de fazer, pela qualidade de elenco que temos e nos credencia a disputar o título", disse Mano Menezes.

Embate

Um fato inusitado marcou a semana que antecedeu a partida: o embate pela carga da venda de ingressos. O Palmeiras acionou o STJD quanto aos preços praticados para sua torcida e foi atendido, com tribunal determinando que o clube cearense praticasse o mesmo valor para as torcidas mandante e visitante.

Ato contínuo, o Fortaleza encerrou a venda de ingressos para a torcida do Palmeiras, aparado pelo artigo 86 do Regulamento Geral das Competições, destacando que o Verdão não solicitou a carga de 10% dos ingressos no prazo determinado. Com isso, a carga restante que seria do Palmeiras foi colocada à venda para a torcida leonina.

Em 14º lugar, com 22 pontos e firme na luta pela permanência na Série A, o Leão espera iniciar bem o returno enfrentando, no Castelão, um dos favoritos ao título, o Palmeiras, superando os desfalques no ataque

 

Ficha Técnica
Série A da Brasileiro - 20ª rodada
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
22 de setembro - 16 horas

Fortaleza
Felipe Alves, Tinga, Quintero, Jackson e Carlinhos, Gabriel Dias, Felipe, Juninho,
Romarinho, Osvaldo e André Luis. Técnico: Zé Ricardo

Palmeiras
Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez Vitor Hugo e Diogo Barbosa, Felipe Melo
Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Zé Rafael
Willian, Luiz Adriano
Técnico: Mano Menezes

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ).Transmissão: Rádio Verdes Mares, Tempo Real do Diário do Nordeste, Tempo Real do GloboEsporte.com/ce e Premiere

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?

Assuntos Relacionados