''Não posso julgar o Neymar'', diz Tite sobre acusação de estupro

O comandante da seleção canarinha se pronunciou em coletiva acerca do caso

Legenda: Tite durante o treinamento em preparação para os próximos amistosos antes da Copa América
Foto: Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (3), na Granja Comary, o técnico Tite falou pela primeira vez sobre a acusação de que Neymar teria estuprado uma mulher em Paris. O treinador da seleção brasileira disse que não irá julgá-lo."Eu não vou me permitir a julgar os fatos. O que eu posso passar é que são três anos que tenho de convívio com o Neymar, e os assuntos pessoais que tratamos foram leais e verdadeiros", afirmou o comandante. 

Neymar não cometeu crime ao divulgar imagens e conversas íntimas, diz advogada

> Após acusação, Neymar recebe blindagem na seleção brasileira

> Mulher que acusa Neymar de estupro entrega imagens e documentos à polícia de São Paulo

A acusação de que Neymar teria estuprado uma mulher em Paris marcou o fim de semana da seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a equipe se prepara para a disputa da Copa América e para os amistosos contra Qatar, na próxima quarta-feira (5), e Honduras, no domingo (9).

A notícia foi divulgada no último sábado (1), quando o elenco da seleção estava de folga. No final do dia, o jogador postou um longo vídeo nas redes sociais expondo sua versão dos fatos e divulgando as conversas de WhatsApp com a mulher. Neymar também é investigado por ter compartilhado conteúdo íntimo sem autorização. 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte