Na última luta da carreira, Minotouro planeja nocautear Shogun pela 1ª vez

Essa será a terceira vez que Minotouro e Shogun se enfrentam. Os dois já se encontraram duas vezes e o paranaense ganhou em ambas ocasiões por pontos.

Legenda: Após dedicar 19 anos ao MMA, Rogério Minotouro planeja se aposentar neste sábado
Foto: AGENCIA DIARIO

Após dedicar 19 anos ao MMA, Rogério Minotouro planeja se aposentar neste sábado. Aos 44 anos, ele entrará no octógono pela última vez no quarto evento do UFC na "Ilha da Luta", nos Emirados Árabes, contra um dos seus maiores rivais: Maurício Shogun. O meio-pesado busca vencer para encerrar sua carreira "com chave de ouro".

Essa será a terceira vez que Minotouro e Shogun se enfrentam. Os dois já se encontraram duas vezes e o paranaense ganhou em ambas ocasiões por pontos. A primeira luta aconteceu em 2005, pelo Pride. Já em 2015, eles lutaram pelo UFC no Rio de Janeiro. Para fechar a "trilogia", Minotouro espera nocautear seu adversário.

"O Shogun é um cara muito forte, é difícil prever uma luta rápida, mas no meu plano eu quero ganhar por nocaute. Tenho esse sonho", diz o lutador em entrevista ao Estadão.

Ele também admite que sequer pensava em uma terceira luta com Shogun. "Eu só queria muito me aposentar neste ano de 2020, era o que eu tinha na cabeça, porque eu fiz 44 anos esse ano. Acho que chegou o momento".

Assim como os outros lutadores, Minotouro precisou lidar com a pandemia do novo coronavírus para realizar seus treinos. Segundo o atleta, "não foi fácil". "Não tivemos a nossa equipe completa, então o começo foi complicado. No final a gente conseguiu montar uma equipe reduzida e fazer treinos muito específicos em cima dessa luta. A sorte é que todo mundo abraçou a causa e veio me ajudar com sparrings e treinos nesse ultimo mês", conta.

Apesar das dificuldades, ele comemora o fato de encerrar a carreira em um evento histórico. "É um marco do esporte. O mundo todo passou por uma série de incertezas de como as coisas aconteceriam, de como as coisas voltariam, os eventos. Estou muito feliz em poder participar", afirma.

Minotouro aguarda a aposentadoria oficial para voltar o seu foco apenas para a vida de empresário. "Quero seguir cuidando da academia e dos projetos sociais, que é algo que eu já faço há um tempo", conta. "Tenho um treinamento de palestras que se chama "Desperte o Campeão". Fiz oito eventos no ano passado com sucesso. Falo sobre vida do atleta e a relação com a vitória, abordo esses assuntos para traçar um paralelo entre a pessoa comum e atleta", explica.

O objetivo principal de Minotouro será ensinar as pessoas a terem foco e realizarem os seus sonhos e projetos. "Esse negócio é algo que fez sucesso e estou focando nisso também".

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?

Assuntos Relacionados