Mosaicos, estreantes e muita polêmica: confira o Clássico-Rei em cinco atos

Partida na Arena Castelão terminou 2 a 1 para o Ceará, pela 13ª rodada do Brasileirão

Legenda: Ceará e Fortaleza se enfrentam na 32ª rodada do Brasileiro
Foto: Foto: JL Rosa / SVM

O Ceará venceu o Fortaleza por 2 a 1, neste sábado (3), no primeiro Clássico-Rei da era dos pontos corridos da Série A. Histórico, o jogo acirrou ainda mais uma rivalidade centenária e foi marcado por festa nas arquibancadas, muita polêmica e estreantes em campo. Confira o duelo em cinco atos:

1 - Mosaicos

Legenda: O Ceará fez referência ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e o Fortaleza exibiu o personagem Bart Simpsons
Foto: Fotos: Vinícius Palheta / SVM

As torcidas de Ceará e Fortaleza fizeram jus ao tamanho da partida e protagonizaram um grande show nas arquibancadas. Pelo lado alvinegro, os torcedores homenagearam Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, com um mosaico 3D e a projeção do sertão no setor superior e inferior norte. Já os simpatizantes tricolores usaram o mesmo artifício para mostrar o personagem Bart Simpsons apontando um estilingue

2 - 15 minutos avassaladores

Legenda: Com o gol no Clássico-Rei, Thiago Galhardo chegou ao 4º no Brasileirão e se tornou artilheiro do Vovô
Foto: Foto: JL Rosa / SVM

Distribuído em dois tempos distintos e marcado predominantemente pelo equilíbrio, a partida foi decidida nos 15 primeiros minutos. O Ceará fez pressão na saída de bola tricolor, explorei bem as laterais e conseguiu dois gols em seguidos falhas defensivas do rival. Thiago Gardoso e Felippe Cardoso fizeram a Arena Castelão explodir em alegria para os Alvinegros.

3 - Pênalti polêmico

Legenda: Após o gol tricolor, jogadores de Ceará e Fortaleza se estranharam na grande área
Foto: Foto: JL Rosa / SVM

Quando perdia por 2 a 0, o Fortaleza conseguiu uma penalidade polêmica a favor. No fim do primeiro tempo, André Luís disputou a bola com Luiz Otávio e caiu na grande área. O árbitro Heder Roberto Lopes/SC assinalou falta e, avisado pelo VAR, mudou a decisão para pênalti. Juninho converteu a cobrança, no que foi o único gol tricolor. A Central do Apito, da Rede Globo, alegou equívoco na marcação.

4 - Estreias de gala

Legenda: Lima foi importante no meio-campo alvinegro e criou boas chances no ataque
Foto: Foto: Natinho Rodrigues / SVM

Os meias Lima e Mariano Vázquez mostraram boa movimentação nos primeiros minutos com as camisas de Ceará e Fortaleza, respectivamente, na temporada. O primeiro foi titular no Vovô e ajudou muito na formação ofensiva, ligando os contra-ataques e caindo pelos lados. Já o argentino tricolor teve menos minutos, mas mudou a dinâmica do Leão em campo e o esquema tático.

5 -  Expulsão

Legenda: Heber Roberto Lopes distribuiu cinco cartões ao longo do Clássico-Rei, incluindo um vermelho
Foto: Foto: JL Rosa / SVM

Buscando reverter o placar, o Fortaleza ainda sofreu a baixa do lateral esquerdo Carlinhos no final do segundo tempo, expulso após desentendimento com Wescley. Para piorar a situação, o Leão ainda se viu obrigado a atuar com nove em campo porque Quintero deixou o gramado sentindo dores musculares. Voltou para fazer número nos últimos minutos.

Veja mais sobre o Clássico:

>Assista às coletivas de Rogério Ceni, Robinson de Castro e Enderson Moreira

>Rogério Ceni critica "apagão" do Fortaleza no 1º tempo: "Acordamos depois do segundo gol"

>Enderson destaca superioridade do Ceará no Clássico-Rei: "Merecemos"

>Presidente do Ceará exalta vitória no Clássico-Rei, mas esbraveja sobre o VAR

>Mosaicos, estreantes e muita polêmica: confira o Clássico-Rei em cinco atos

>Com 1º tempo arrasador, Ceará vence primeiro Clássico-Rei da Série A

>Clássico-Rei é marcado por festa na arquibancada e mosaicos de Ceará e Fortaleza