Morre Roberto Queiroz, o 'Garganta de Aço' da Rádio Jornal

O narrador travava uma luta contra o câncer

Roberto Queiroz iniciou a carreira em Caruaru (PE)
Legenda: Roberto Queiroz iniciou a carreira em Caruaru (PE)
Foto: Reprodução/TV Jornal

O narrador esportivo Roberto Queiroz, 71, morreu neste domingo (24). Ele faleceu de câncer em um hospital do Derby, Centro do Recife. As informações são do Rádio do Jornal

O sepultamento será nesta segunda-feira (25), no cemitério Parque das Flores, em Tejipió, Zona Oeste da cidade.

De voz potente, ele era conhecido na comunicação como "Garganta de Aço".

Narrador começou carreira em Caruaru

Roberto Queiroz iniciou a carreira em Caruaru (PE), com o irmão Mané Queiroz, outro grande nome da história do rádio de Pernambuco — Mané faleceu em janeiro de 2014.

Além da Rádio Jornal, Roberto teve seu nome durante muitos anos ligado à Rádio Clube e também à CBN. Ele chegou a receber outros convites para narrar fora de Pernambuco, mas sempre quis ficar no Estado.

Roberto Queiroz também levou toda a energia do futebol para o torcedor brasileiro nas diversas Copas do Mundo que narrou. A última delas foi em 2018, na Rússia.

Grandes narrações

Roberto Queiroz colecionou um grande número de partidas históricas no currículo, como o gol de Grafite contra o Botafogo, em 2015, o gol de Bruno Mineiro no acesso do Sport, em 2011, e a goleada do Náutico sobre o São Paulo, no Brasileirão.

Além disso, os gols do título do Náutico no ano passado também podem são memoráveis na voz de Roberto Queiroz.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados