Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, aos 50 anos

Causas da morte não foram divulgadas

Foto do jornalista Fernando Caetano usando máscara em estádio vazio. Ele morreu neste domingo (09).
Legenda: Fernando foi repórter por 30 anos e havia deixado o Fox Sports recentemente.
Foto: reprodução/Instagram

O repórter esportivo Fernando Caetano, ex-ESPN e Fox Brasil, morreu na madrugada deste domingo (9), em Marília (SP), aos 50 anos. A morte foi divulgada pela família por meio de redes sociais. As causas da morte, contudo, não foram divulgadas.

A irmã do jornalista, Simone, comunicou a notícia pelas redes sociais. Uma sobrinha de Fernando, Nelize, lamentou a perda do tio. "Meu coração está despedaçado, tio. Obrigada por tanto. Te amo infinito". Diversos jornalistas prestaram homenagem ao repórter e solidariedade à família.

Legenda: Jornalistas esportivos demonstraram pesar e surpresa pelo falecimento do repórter.
Foto: reprodução/Instagram
Legenda: Jornalistas esportivos demonstraram pesar e surpresa pelo falecimento do repórter.
Foto: reprodução/Instagram

Clubes de futebol também lamentaram a perda. "O Corinthians lamenta a morte do repórter Fernando Caetano, que nos últimos anos passou por FOX Sports e ESPN Brasil, dentre outros veículos. O clube se solidariza com a perda e deseja força aos parentes e amigos do jornalista", publicou o clube.

Conforme o portal mariliense Jornal da Manhã, o repórter teria sofrido infarto duas semanas atrás, tendo precisado de internação.

Trajetória profissional

Formado pela PUC de São Paulo, Fernando Caetano iniciou a carreira na rádio Jovem Pan, antes de trabalhar na televisão. Atualmente, morava com os pais em sua cidade natal, Marília, no interior de São Paulo, onde desenvolvia novos projetos para retomar a carreira.

O repórter trabalhou por anos na ESPN, depois mudou-se para a Fox Sports, da qual acabou saindo após reformulação do grupo Disney no fim do ano.

A despedida a Fernando Caetano será entre 10 e 14 horas deste domingo, na sala 4 do Velório Municipal de Marília.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte