Mike Tyson pode voltar aos ringues contra brasileiro ex-lutador de MMA

A organização "Bare Knuckle Fighting Championship" prepara um oferta de U$ 20 milhões para ex-campeão mundial de boxe

Legenda: O ex-pugilista de 53 anos tem treinado para retornar às lutas
Foto: Foto: Reprodução/Instagram

O astro do boxe, Mike Tyson, pode retornar aos ringues para enfrentar um brasileiro. A "Bare Knuckle Fighting Championship", organização sem luvas, planeja fazer uma oferta de cerca de 20 milhões (cerca de R$ 110 milhões) ao norte-americano. Um dos favoritos para enfrentar o ex-campeão mundial é o ex-lutador de MMA, Wanderlei Silva, aposentado desde 2014.

"Não importa o quanto Wanderlei esteja velho, ele é perigoso, e eu acho que seria um combate intrigante", declarou David Feldman, presidente do BKFC, em entrevista ao “MMA Fighting”.

Legenda: Wanderley tem 43 anos e fez história no extinto Pride FC, evento de MMA
Foto: Foto: Divulgação/UFC

Tyson postou nas últimas semanas em suas redes sociais vídeos treinando e afirmando que vai voltar a lutar, o que despertou o interesse de vários lutados.

Apesar do aceno positivo ao retorno, Tyson teria rejeitado uma oferta inicial da Bare Knuckle Fighting Championship, segundo o presidente da organização, que ainda acredita na chance de levá-lo aos ringues. 

"Ainda não fomos bem sucedidos em fazer esta história do Mike acontecer, mas acho que a porta ainda não está fechada. Ele disse não imediatamente, mas acho que há uma chance", contou Feldman, que revelou que o BKFC volta às atividades no dia 26 de junho, sem local definido.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte