Metamorfose do Ceará passa pela busca de bons atacantes

O ponto mais nevrálgico do elenco do Ceará Sporting em 2019 foi seu ataque. No Brasileirão, sua artilharia foi apenas a 15ª, com 36 gols assinalados

Legenda: Mateus Gonçalves, apesar de reserva, foi o único atacante do Ceará que teve boas atuações
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

Fim de temporada, é hora da remontagem do elenco para 2019. Após definir a composição da direção de futebol e mudar o perfil do elenco, dando outra cara ao time, conforme mostrado na edição de ontem do Diário do Nordeste, a prioridade do Ceará neste momento, segundo a própria diretoria, é a busca por atacantes.

A linha de frente do Vozão na Série A foi uma das mais ineficientes. O ataque do Vovô anotou apenas 36 gols, uma média de 0,94 tentos por partida. Apenas o Botafogo, 15º colocado, e os quatro times rebaixados, Cruzeiro, Chapecoense, CSA e Avaí balançaram as redes menos que o Ceará na competição. Por mais paradoxal que possa parecer, foi o avante Mateus Gonçalves, que ficou a maior parte do campeonato na reserva, o único a conseguir se sobressair, quando entrava no segundo tempo.

Erro primário

Nas últimas duas temporadas, a diretoria do Alvinegro cometeu um erro primário e pagou caro por isso: deixou a contratação de atacantes por último. O resultado é que, quando buscou os chamados jogadores "pelas beiradas" e o tradicional camisa 9, não tinha mais opção. Se não fora a boa performance do meia Thiago Galhardo, que anotou 12 gols, a situação do Vozão poderia estar sendo contada de outra forma.

Autocrítica

O presidente Robinson de Castro não poupou adjetivos ao reconhecer, entre outras coisas, que o time foi "medíocre". O clube já deixou claro que priorizará os atacantes.

Afora Matheus Gonçalves, o Ceará deve ficar com alguns atletas do atual elenco nessa posição apenas por força contratual. Em alguns casos, haverá a tentativa de rescisão amigável do vínculo.

Outra prioridade já anunciada é um goleiro, já que o Vovô ainda não encontrou substituto à altura para Everson.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte