Luís Eduardo Girão doa mais R$ 3 milhões ao Fortaleza da venda de Everton; veja valores

O time aguarda receber a receita do Grêmio, que negociou o atleta com o Benfica

Legenda: Everton foi vendido ao Benfica-POR por 20 milhões de euros
Foto: divulgação

O ex-presidente do Fortaleza e senador Luís Eduardo Girão (Podemos-CE) decidiu doar mais R$ 3 milhões do que tinha direito da venda de Everton Cebolinha ao clube. A informação foi revelada pelo atual mandatário tricolor, Marcelo Paz, em entrevista ao podcast CEnaRede, do ge. Assim, o valor a ser recebido pelo Leão com a negociação entre Benfica, de Portugal, e o Grêmio será de R$ 4,5 milhões.

"Do que o Girão teria direito a receber, eu já conversei com ele, já negociei com ele, ele abriu mão de mais de R$ 3 milhões do que ele teria direito a receber. Seriam uns 33%, 34%, do que ele teria direito a receber. Ele mais uma vez mostrou amor ao clube", informou Paz.

A diretoria do Fortaleza prepara uma nota para detalhar todos os valores do acordo. O time aguarda a transferência da receita através do Grêmio, que receberá cota do Benfica.

A venda de Everton ao exterior ocorreu por 20 milhões de euros (R$ 127,6 mi). Do total, o Tricolor arrecada R$ 9,5 mi em parcela única, além de 1,6% em futuras transações. Mas parte do montante foi repassado para Girão e um grupo de empresários e ex-dirigentes que ajudaram o clube financeiramente em 2017.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte