LeBron faz mistério sobre vacina e ganha fama de negacionista nos EUA

Atleta foi perguntando sobre a imunização e não garantiu ter sido vacinado

LeBron em ação pelo Lakers
Legenda: LeBron falou que a decisão pela vacina contra Covid-19 deveria ser tomada com a família
Foto: AFP

Os Estados Unidos contam com vacinação contra a Covid-19 em massa. A imunização, no entanto, não é obrigatória, e muitas pessoas optam pelo caminho contrário. Um dos principais jogadores da NBA, LeBron James ganhou fama de negacionista por fazer mistério sobre ter sido vacinado ou não.

A polêmica teve início quando as vacinas começaram a chegar aos EUA. LeBron foi perguntado se planejava ser vacinado "assim que estivesse disponível" e se ele aconselharia outros jogadores a seguir o caminho da ciência. O jogador, no entanto, saiu pela tangente e deu mostras de que o assunto seria um tabu.

"Essa é uma conversa que minha família e eu teremos. Praticamente estou mantendo isso entre mim e minha família", afirmou no fim de março. "Acho que é tudo sorte, cara".
LeBron James
Atleta dos Lakers

"Não posso sentar aqui e dizer que sou um especialista em tudo isso. É apenas sorte. Você não tem ideia de como obtê-lo. Conhecemos os casos, conhecemos os estudos, ouvimos os médicos e coisas dessa natureza, e eu apenas tentei seguir o protocolo tanto quanto ele foi estabelecido para nós", completou.

Além de não falar abertamente se foi vacinado, o jogador do Lakers ainda quebrou o protocolo de segurança recentemente ao ir ao lançamento de uma marca de tequila, que teve a presença de outros famosos, como o rapper Drake e o ator Michael B. Jordan. A NBA julgou o caso e não aplicou nenhuma punição a LeBron, que entrou em quadra no dia seguinte e ajudou a eliminar o Golden State Warriors no Play-In.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte