Lateral do Bayern de Munique sofre sequela da Covid-19 e precisa ser afastado do clube

O canadense Alphonso Davies teve uma inflamação no coração após testar positivo

Alphonso Davies ora antes de uma partida do Bayern
Legenda: O lateral-esquerdo Alphonso Davies é um dos titulares do Bayern de Munique
Foto: Christof Stache / AFP

O departamento médico do Bayern de Munique, da Alemanha, anunciou nesta sexta-feira (14) o afastamento do lateral-esquerdo canadense Alphonso Davies dos treinos após o atleta apresentar sequelas da Covid-19. Depois de testar positivo, desenvolveu uma miocardite leve.

O problema consiste em uma inflamação no coração e foi constatado por uma bateria de exames. O técnico alemão Julian Nagelsmann comentou sobre o estado clínico do atleta e a decisão do clube.

“Nos exames de acompanhamento que fizemos com todos os atletas que já foram infectados, Alphonso Davies deu sinais de leve miocardite após a sua infecção por Covid-19. Não é tão dramático pelo o que os exames indicaram, mas ele vai precisar ficar de lado pelas próximas semanas porque isso leva um tempo para recuperar”, explicou o treinador do time alemão.

Davies foi um dos infectados recentes do elenco bávaro. Além do lateral, o goleiro Manuel Neuer, o zagueiro Dayot Upamecano e o atacante Leroy Sané também tiveram a doença.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados