Jogo Liverpool X Atlético de Madrid com torcida foi um erro, avaliam profissionais de saúde

Para o duelo, que por pouco não foi realizado com portões fechados, cerca de três mil torcedores do Atlético de Madrid viajaram até Liverpool

Legenda: No jogo, Atlético de Madrid bateu o Liverpool na prorrogação e se classificou
Foto: Foto: AFP

A partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, realizada no último dia 11, que eliminou o atual campeão Liverpool com uma derrota por 3 a 2, depois de uma prorrogação, para o Atlético de Madrid, no estádio Anfield Road, em Liverpool, pode ter sido uma das causas da disseminação do novo coronavírus pela cidade inglesa. Para Matthew Ashton, diretor de saúde pública de Liverpool, foi um erro a realização do jogo naquela data.

Para o duelo, que por pouco não foi realizado com portões fechados, cerca de três mil torcedores do Atlético de Madrid viajaram até Liverpool, apenas alguns dias antes do governo da Espanha declarar estado de emergência no país por conta da pandemia da covid-19. No está todo eram mais de 54 mil pessoas.

Não foi a melhor decisão realizar a partida. Mas as pessoas (dirigentes) não tomaram más decisões de propósito. Talvez a seriedade da situação naquele momento ainda não tinha sido bem entendida pelo governo", afirmou Matthew Aston, em declarações à imprensa inglesa.

"Possivelmente nunca saberemos. O jogo pode ter sido uma das causas do crescimento de casos em Liverpool. Ele tem que ser incluído na lista e espero que os organizadores possa aprender e não fazer erros semelhantes no futuro".

Segundo dados do governo britânico, no dia 20 de março havia apenas 20 casos em Londres, por onde as pessoas passam quase que obrigatoriamente quando chegam de outro país. Duas semanas depois, já são mais de 300 infectados. Em Liverpool, são 262 casos confirmados até esta quinta-feira.
 


Categorias Relacionadas