Jogadores do Junior Barranquilla cheiram 'veneno' dentro de campo; veja vídeo

Envolvido na polêmica, meia Ángel disse que produto abre narinas e pulmões

junior barranquilla
Foto: Divulgação/Federação Colombiana de Futebol

Dois jogadores do Junior Barranquilla foram flagrados em campo cheirando o que supostamente seria um 'veneno', durante a vitória contra o Hulia por 3 a 0, na última quarta-feira (22), pelo Campeonato Colombiano.

No vídeo, que circula nas redes sociais, o meio-campista Fabián Ángel sai do banco de reservas no segundo tempo, quando a partida ainda estava empatada, e leva até outro atleta um 'veneno', que teria sido dado pelo próprio treinador Arturo Reyes. O próprio Ángel cheira primeiro, depois repassa ao zagueiro Willer Ditta.

Curiosamente, após a situação inusitada, o Junior Barranquilla fez 3 gols em 25 minutos, um deles marcado por Ditta, que fez uso da substância misteriosa. Inclusive, Ditta foi eleito o melhor jogador da partida.

Benefício

Após a divulgação do vídeo e a proporção que o assunto tomou, o meia Ángel decidiu se pronunciar sobre o ocorrido. Nas redes sociais, chamou o produto de veneno e explicou que ajuda a abrir as narinas e desobstruir os pulmões, auxiliando assim na respiração.

"Esclareço, a respeito do vídeo que circula nas redes: é um produto que serve para abrir as narinas e desobstruir os pulmões para respirar melhor. 'O veneno' [risos]. Meu povo, três pontos importantes. Vamos, Junior", escreveu o meio-campista no Instagram.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados