Jogadores do Ceará admitem ansiedade para o Clássico: "Jogo diferente"

Samuel Xavier e Felipe Silva destacam a importância do jogo para o Ceará na luta pela permanência

Legenda: O meia Felipe Silva é um dos destaques do Ceará na Série A
Foto: Foto: JL ROSA

No domingo às 19 horas, Ceará e Fortaleza fazem um duelo pela 32ª rodada da Série A que promete para o Estado, pela importancia do confronto. Ambos estão empatados com 36 pontos, com o Vovõ à frente na 13ª colocação pelos critérios de desempate (melhor saldo), esquentando a luta pela permanência na Série A.

E o elenco do Ceará, após a excelente vitória por 2 a 0 contra o Inter na quinta-feira, se reapresentou respirando o Clássico-Rei. Samuel Xavier e Felipe Silva concederam entrevista coletiva e admitiram ansiedade para jogar a partida, classificando o jogo como diferente.

"Não só para mim, mas para todos nós do elenco é jogo importantíssimo. Vaos encarar como todos os outros, com muita seriedade, sabendo que se trata de um jogo diferente. É em um momento de definição da Série A, com o campeonato afunilando e os dois clubes com a mesma pontuação. Vai ser um grande jogo, vamos estar preparados para fazer um grande jogo no domingo. Em um jogo como esse, um clássico, sem duvida que a ansiedade aumenta, mas é trazer para o lado bom, pois um jogo como esse dá um motivação natural", declarou o meia Felope Silva."

Seu companheiro de time, Samuel Xavier, acredita que o Ceará chega em um momento bom no Clássico e espera uma vitória para se distanciar do Z4. 

"Temos muito respeito pelo Fortaleza, como qualquer adversário que a gente enfrente. Os clássicos sempre são jogos muito dificeis, disputados, com os dois clubes chegando com o mesmo numero de pontos. Um vitória pode nos distanciar do Z4 e encaramos o jogo com muita garra e vontade. Em clássico é sempre dar algo a mais, um jogo diferente. A equipe do Ceará precisa entrar concentrada para conquistar os 3 pontos e se distanciar da zona de rebaixamento".