Imprensa boliviana aposta em vitória local contra Ceará: "pensar em boa diferença de gols"

O Bolívar encara o time alvinegro nesta quarta-feira (5), às 19h15, em La Paz, na Bolívia

Atleta do Bolívar domina a bola em jogo
Legenda: O Bolívar está na vice-liderança do Grupo C da Copa Sul-Americana
Foto: divulgação / Bolívar

A imprensa boliviana aposta em uma vitória do Bolívar contra o Ceará nesta quarta-feira (5), pela Copa Sul-Americana. Com a informação sobre o uso de um time alvinegro alternativo, o jornal Los Tiempos tratou sobre as chances de triunfo local.

“Pode se tornar um jogo em que os celestes não só somam três, mas para pensar em uma boa diferença de gols”, analisou.

O discurso é reforçado pela necessidade de assumir a liderança do Grupo C. No momento, o Vovô está na 1ª posição com quatro pontos, a mesma pontuação do Bolívar, mas saldo de gols maior: 2x1.

Critérios de desempate na Sul-Americana:

  1. Maior diferença de gols, obtida subtraindo-se os gols marcados pelos gols recebidos.
  2. Se a diferença de gols for igual, o clube que tiver maior número de gols será o classificado.
  3. Caso a igualdade persista, a posição será definida a favor do clube com maior quantidade de gols a favor atuando como visitante
  4. Posição no ranking de clubes da Conmebol em 1 de fevereiro de 2021

Pelo regulamento, apenas uma equipe avança à próxima fase da competição internacional. Em coletiva, o técnico espanhol Natxo González destacou a preparação para enfrentar o time cearense.

"Eu não sei qual equipe irão escalar. Estudamos, independente de quem jogue, as ideias, a estrutura, suas formas de atacar e defender. A partir disso não posso controlar os pontos  fortes deles, mas o objetivo é impor nossa ideia”, explicou.

No compromisso antes de encarar o Ceará, o Bolívar venceu o Real Tomayapo por 2 a 0, neste domingo (2), em La Paz. O resultado deixou o clube na vice-liderança do Campeonato Boliviano.

Time alternativo

Fernando Sobral olha para a bola em treino do Ceará
Legenda: O Ceará vai utilizar time alternativo em La Paz, na Bolívia
Foto: Fausto Filho / Ceará

No contexto histórico, as chances brasileiras de vitória na altitude são remotas. Em paralelo, o Ceará tem vantagem na final da Copa do Nordeste contra o Bahia e busca o tricampeonato regional invicto, no sábado (8), às 16h, na Arena Castelão. Por isso, uma parte dos titulares será poupada.

“Tenho a certeza que o torcedor está curioso e vai nos apoiar. Os resultados de derrotas das equipes brasileiras são de quase 90% na Bolívia. No retorno, queremos ter uma equipe extremamente competitiva para jogar diante do Bahia e conquistar esse título”, comentou o técnico Guto Ferreira.

Assim, o time não deve contar com Gabriel Dias, Richard, Messias, Luiz Otávio, Lima, Vina, Felipe Vizeu, Pedro Naressi, Saulo e Mendoza. O grupo deixou a delegação e retornou para a capital cearense a fim de acelerar a recuperação. Nas contas para classificação, a equipe pode recuperar a pontuação em casa.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte