Fortaleza registra queda, e Ceará mantém número de sócios nos meses de pandemia

Tricolor do Pici perdeu cerca de 1 mil associados e o Vovô manteve o número do começo do ano

Os impactos da pandemia e da proibição de torcidas nos estádios resultaram em perdas para os clubes cearenses no primeiro semestre de 2020, mas, no mercado de sócios-torcedores, há reação motivada pelas campanhas de marketing dos times. O Fortaleza apresentou queda de no número de sócios-torcedores adimplentes, de acordo com números divulgados pelo Tricolor. Já o Ceará demonstra ter mantido número, conforme indicador do site do sócio-torcedor.

>Veja mais notícias de Ceará e Fortaleza

A queda entre os adimplentes no Leão foi de 1.252 sócios, saindo de 27.159 (janeiro) para 25.907 (fim de julho). As perdas foram amenizadas nas últimas semanas, quando uma campanha de marketing conseguiu recuperar excelente volume de adesões.

Powered by RedCircle

No Alvinegro de Porangabuçu, a situação aparenta ainda maior estabilidade. O único número divulgado é o de sócios adimplentes, que é de 21.377, conforme dados atualizados em julho. No marcador oficial do site do clube em abril, o registro era de 21.379 sócios. O Ceará lançou novos planos de sócios-torcedores em 2020 e reiniciou do zero número de cadastros.

Powered by RedCircle

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?