Fortaleza estreia novo técnico e tenta vencer Inter na Arena Castelão

Elenco e torcida estão motivados para que o Fortaleza tente engatar a segunda vitória seguida na Série A do Brasileiro, desta feita contra o Internacional, na Arena Castelão. Expectativa de casa cheia é outro fator favorável ao Tricolor

Até poucos dias do mês de agosto, o técnico Rogério Ceni era a referência do Fortaleza na Série A do Campeonato Brasileiro. A figura do ídolo do São Paulo impregnou os sonhos e os objetivos do Leão há um ano e nove meses, de tal modo que muitos não conseguiram dissociar a figura do "Mito" das cores leoninas. Entretanto, tudo chega ao fim e agora, o clube chega a um divisor de águas, com a chegada do novo comandante.

O técnico Zé Ricardo agora dirige um elenco, que tem se mostrado unido desde as primeiras conquistas recentes, independentemente de treinador. Assim sendo, o jogo de hoje, às 17 horas, na Arena Castelão, contra o Internacional, marcará um divisor de águas nas metas a serem alcançadas pelo Fortaleza.

Desafio

Zé Ricardo encara seu primeiro grande desafio, fora do Rio de Janeiro, e tem pela frente a empreitada como uma das maiores de sua vida, tendo em vista que só atuou no comando de clubes cariocas. Contudo, seu trabalho de reconhecida importância em Flamengo, Vasco e Botafogo o credenciam para a jornada.

O novo comandante está com três dias de trabalho, mas recebeu o grupo motivado pela vitória sobre o CSA, por 2a0, pela 14ª rodada do Brasileiro, quando o time foi dirigido na borda do campo pelo técnico do Sub-20, Marconne Montenegro.

As observações de Zé Ricardo na partida foram acrescidas do relatório passado por Marconne Montenegro.

O novo técnico aproveitou três dias para realizar treinamentos fechados, visando a implantar um pouco do sistema de jogo que ele pretende adotar na equipe.

O Fortaleza necessita da vitória para que chegue aos 20 pontos ganhos, o que elevaria o time para uma posição mais confortável na tabela. Dessa maneira, o confronto contra o Inter se torna crucial para as pretensões da agremiação.

A última vitória do Leão como mandante ocorreu no dia 13 de julho sobre o Avaí e, de lá para cá, a equipe ficou devendo uma melhor exibição e um resultado satisfatório diante de sua torcida.

A nova comissão técnica tentará administrar situações do elenco, as quais alguns jogadores estão muito exigidos, como o atacante Romarinho e os zagueiros Juan Quintero e Roger Carvalho, que estão praticamente jogando todas as partidas. E ao mesmo tempo, Zé Ricardo tentará recuperar o bom futebol dos atacantes Edinho e Osvaldo, que ainda não recuperaram a boa forma da temporada anterior.

Cautela

O centroavante Wellington Paulista disse que o grupo de atletas não vai se assegurar apenas no fato de que o Inter trará os jogadores reservas. "Com a camisa que o Inter tem, com o peso da camisa do Internacional, não adianta você pensar que é porque eles virão com o time misto ou reserva, que será fácil ganhar. Vestiu a camisa deles, é como a gente aqui, tem que apresentar um bom desempenho, se não o atleta não se firma", comentou o atacante.

O novo treinador não deve fazer muitas mudanças na equipe. O lateral-direito e volante Gabriel Dias recebeu o terceiro cartão amarelo e deve ser substituído por Tinga, enquanto Bruno Melo poderá ser mantido na lateral-esquerda pela boa partida realizada frente ao CSA, em Maceió.

Internacional

Como está próximo da decisão pelas quartas de final da Taça Libertadores contra o Flamengo, marcada para a próxima quarta-feira, o técnico do Inter, Odair Hellmann, relacionou apenas os reservas para o duelo contra o Fortaleza. Uma das novidades é o volante Bruno Silva. O atleta foi regularizado e poderá jogar. Há dúvida entre Sarrafiore e Guilherme Parede na meia.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?