Fortaleza é homenageado no Senado Federal em sessão especial pelos 100 anos

A sessão teve como presidente o senador Luis Eduardo Girão

Legenda: Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, discursou no Senado Federal
Foto: Imagem: Reprodução/TV Senado

Um dia antes do aniversário de 101 anos, o último do período centenário, o Fortaleza Esporte Clube foi homenageado no Senado Federal em sessão especial na tarde desta quinta-feira (17).

A sessão teve como presidente o senador Luis Eduardo Girão (Podemos-CE), ex-presidente do Tricolor, que em 2017 comandava o clube quando conseguiu o acesso da Série C para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Estiveram presentes o presidente do Leão do Pici, Marcelo Paz, o presidente do Conselho Deliberativo, Demétrius Ribeiro, e também personagens marcantes na história do clube, como o ex-atacante Clodoaldo, e também a funcionária Toinha, que trabalha no clube há 49 anos.

"Vivemos um presente de muita gratidão. A gente só pode agradecer a Deus por tudo que o Fortaleza tem passado nos últimos anos, e tendo feito a sua torcida feliz com acesso, títulos, conquistas esportivas e sociais. Com três títulos dentro do Centenário, temos muito que comemorar", declarou o presidente Marcelo Paz.

Confira o discurso de Marcelo Paz

Quero dividir o Fortaleza em quatro tópicos. Primeiro a história: Alcides Santos, o fundador, que criou tudo isso, o maior tricolor de todos os temos. Hoje estamos vivendo o último dia do 1º centenário e todos merecem saudação porque cada um colocou um tijolo na história do Fortaleza.

Depois torcida, que é o maior pilar do clube, a quem dedicamos todo o trabalho. Quando chegamos no estádio lotado como ontem, não canso de me emocionar. Aquilo é amor. Vi o trabalho do mosaico com o Ceni e quantos voluntários não já fizeram mosaicos e festas com a torcida organizada? TUF, JGT e tantos outros porque vão com o Fortaleza onde estiver. Também vivemos um presente de muita grandiosidade. Podemos agradecer a Deus por tudo, tenho a honra de ter presidido meu clube marcante porque o Fortaleza tem feito sua torcida feliz. O clube de futebol tem um papel fundamental, tem que fazer o bem.

E a gente tem feito isso, uma tríplice coroa dentro do centenário, o maior número de sócios, o maior índice de redes socias, o recorde de média de público do cearense, a quarta melhor média de público da Série A, produtos licenciados e ainda temos Ceni no comando do clube, um presente de Deus ao Fortaleza. Você queria ter um colaborador dentro da sua empresa em que a única coisa que ele pensa é fazer a empresa vencer? É assim o maior treinador da história do clube. Hoje, é o último dia do primeiro centenário e amanhã é o primeiro dia do segundo centenário. 

A gente vê a soberba, a vaidade, e a gente precisa desviar. Vamos olhar para o futuro, estamos construindo o nosso Centro de Excelência que vamos tratar muto bem 30 pessoas: os jogadores do Fortaleza. Para que a gente possa bater de frente com qualquer clube do futebol e conseguir, em alguns anos, estar em um patamar maior.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte