Fortaleza deixa de faturar R$ 3,3 milhões e cai pela 3ª vez seguida na estreia da Copa do Brasil

Em 2017, 2019 e 2020, o Tricolor não eliminou o primeiro adversário pelo torneio nacional

Legenda: Fortaleza tentou a reação no segundo e conseguiu levar a partida para as penalidades
Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza

Se as últimas temporadas do Fortaleza foram de sucesso absoluto, com acessos, título regional e nacional (Série B), a Copa do Brasil tem sido o calcanhar de aquiles do clube nesse período.

É a terceira vez seguida que o clube é eliminado da competição mais rentável do País sem conseguir eliminar sequer um adversário.

Ouça o 'FortalezaCast':

Powered by RedCircle

A série negativa começou em 2017, quando o time tricolor sofreu a virada e foi eliminado pelo São Raimundo (PA) em jogo único. A partida aconteceu no Estádio Colosso dos Tapajós, em Santarém.

>Veja tudo sobre São Paulo X Fortaleza

Em 2018, a equipe ficou de fora da competição após perder para o Floresta na final da Taça Fares Lopes do ano anterior. No entanto, o torneio não fez falta, tendo em vista que o clube se sagrou campeão da Série B do Campeonato Brasileiro. Pelo desempenho, entrou diretamente na fase de oitavas de final da Copa do Brasil de 2019. O adversário foi o Athletico/PR. Após empatar em casa por 0 a 0, a derrota por 1 a 0 no jogo da volta valeu a eliminação.

Agora em 2020. Situação semelhante. Igualdade por 3 a 3 no jogo da ida e empate heróico no jogo da volta contra o São Paulo, em 2 a 2. Na disputa por pênaltis, todavia, a sina de eliminações recentes foi renovada. Pela participação, o clube tricolor leva R$ 2,6 milhões mas deixa de arrecadar mais R$ 3,3 milhões. Recurso que seria bem vindo em tempos de pandemia e ausência de arrecadação com a torcida nos estádios. 

Agora, a equipe volta as atenções somente para a Série A do Campeonato Brasileiro. O Fortaleza está na oitava posição na tabela e almeja algo além de apenas permanecer na primeira divisão nacional.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte