Fortaleza dará férias de 20 dias aos atletas por conta do coronavírus; veja entrevista de Paz

Informação foi dada pelo presidente Marcelo Paz, em primeira mão, no programa A Grande Jogada, da TV Diário

Legenda: De casa, presidente tricolor deu entrevista à Grande Jogada
Foto: Reprodução TVD

Seguindo uma tendência nacional, o Fortaleza decidiu resolver individualmente a negociação com seus jogadores durante o período de paralisação de atividades devido ao coronavírus. Nesta quinta-feira (26), em entrevista ao programa A Grande Jogada, da TV Diário, o presidente Marcelo Paz falou que o clube dará férias de 20 dias aos jogadores no mês de abril, seguindo o que o Ceará havia feito na terça-feira.

Nós vamos tomar essa mesma medida de 20 dias. Vamos comunicar hoje aos jogadores, mas eles já estão sabendo informalmente. Preparamos um documento pra mandar pra eles. Então, de 1º a 20 de abril, está todo mundo liberado. Não só os jogadores, mas departamento de futebol como um todo. Comissão técnica e funcionários. É um departamento grande, que tem mais de 70 pessoas, e a gente vai liberar nesse formato de 20 dias podendo se estender até 30 dias. Espero eu que, em maio, as coisas normalizem e a gente possa voltar às atividades", disse Marcelo Paz.

Confira o programa A Grande Jogada desta quinta (26), com participação de Marcelo Paz

Com isso, no período de férias, os atletas não deverão ser obrigados a cumprir cronograma de exercícios estabelecido pelo clube, já que estarão legalmente liberados das atividades profissionais.

A proposta mais polêmica da CNC, porém, a de redução salarial em 25% dos atletas durante o período de paralisação, ainda não foi decidida. A diretoria tricolor irá avaliar a possibilidade durante o mês de abril e tomará a decisão após o cumprimento do prazo de férias.

Uma das lideranças do movimento dos atletas, o goleiro Fernando Prass, do Ceará, falou sobre o posicionamento dos jogadores.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte