Fortaleza apoia projeto do Shalom que acolhe pessoas em situação de rua na pandemia

Qualquer pessoa pode contribuir através da doação de objetos ou de quantia em dinheiro

Legenda: Projeto ajudará moradores em situação de rua
Foto: Foto: Reprodução

A pandemia de coronavírus alterou o calendário esportivo. Campeonatos estão suspensos, foram adiados ou até mesmo cancelados. Mesmo em quarentena, o Fortaleza Esporte Clube tem jogado pela solidariedade. Prova disso é que o time escalou seus atletas para apoiar o projeto “Shalom Amigo dos Pobres”, que acolhe moradores em situação de rua.

Agora, o clube se mobiliza para arrecadar doações e cestas básicas para os mais afetados pela pandemia.

“O Fortaleza cumpre uma função social e sempre está disposto a ajudar os que mais precisam. Neste momento de pandemia, o clube assume um protagonismo ainda maior. É um orgulho ajudar o projeto Shalom Amigo dos Pobres”, disse o presidente do clube, Marcelo Paz. 

O projeto, da Comunidade Católica Shalom, foi criado há um mês com o intuito de socorrer pessoas que estão mais necessitadas neste período. A população em situação de rua não tem casa, não tem o que comer nem beber, vestir e muito menos como viver a quarentena de forma digna, sendo uma das mais vulneráveis na transmissão da Covid-19. 

A proposta é ir ao encontro dos mais necessitados e sensibilizar a sociedade a também ajudar essas pessoas, garantindo alimentação, água para hidratação, espaço para higiene pessoal, lavanderia, distribuição de equipamentos de proteção individual, serviço de conscientização sobre isolamento social, além de uma triagem médica para encaminhamento às unidades públicas de saúde. 

“Cinco casas da Comunidade Shalom, espalhadas em vários bairros, foram abertas para acolher essas pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social. O projeto já distribuiu 15 toneladas de alimentos por meio de refeições e cestas básicas. Mas ainda é pouco, a necessidade é alta e crescente. A cada dia, mais e mais pessoas precisam da nossa doação para sobreviver”, afirma Tobias Cortez, gerente de desenvolvimento da Comunidade Católica Shalom.

Doações
Qualquer pessoa pode colaborar. Basta acessar o site amigodospobres.org ou o perfil no Instagram para ter acesso a mais informações. 

O projeto precisa, sobretudo, de alimentos, roupas, produtos de higiene em geral e pessoal, além de cobertores, toalhas, máscaras e luvas ou doações em dinheiro, que podem ser feitas pelo site.

Contato: (85) 9 8802 5381
Doações: amigodospobres.org
@shalomamigodospobres