Ferrim ´fecha o caixão´ do Tocantins

Legenda: Danilo comemora com Guedinho o seu primeiro gol marcado contra o Tocantins
Foto: LC Moreira
Em ritmo de treino, o Ferroviário massacrou o Tocantins de Imperatriz, por 7x0, ontem no PV, classificando-se para o segundo mata-mata da Série C. No jogo de ida, o Ferrim havia vencido por 2x1 e precisava só empatar. Agora, o adversário será o Ríver/PI, que venceu o Santa Inês/MA por 4x3 nas penalidades.

No primeiro tempo, o Ferrim envolveu com facilidade o frágil Tocantins. Foram 17 arremates a gol do time coral. Depois de muito tentar, os corais fizeram 1x0 aos 22min, com Ricardo Baiano. Aos 31, após rebote do goleiro, Danilo ampliou para 2x0. E aos 33, Danilo conferiu outra vez: 3x0.

No segundo tempo, Reginaldo França marcou dois gols. O primeiro aos 6min, fazendo 4x0, tocando na saída do goleiro. Arildo deixou sua marca aos 31. E aos 37, Reginaldo França assinalou novamente. Guedinho, 50 segundos depois, fez o seu tento. O zagueiro Ricardo (TO), foi expulso aos 27. Os corais ´fecharam o caixão´ do presidente Justino Oliveira, que havia entrado numa urna mortuária em Santa Inês, após o primeiro jogo.

Resumo - 7x0

FERROVIÁRIO

Ivanoé; Airton, Marcus Aurélio, Puma e Helinho (Arildo); Ricardo Baiano, Reginaldo França, Danilo (Gil Bala) e Édio (Cícero César); Serrinha e Guedinho.
Técnico: Danilo Augusto.

TOCANTINS/MA
Paulo; Nogueira, Ricardo, Carlinhos e Eguinaldo; Washington, André (Rincón), Wagner e Fábio (Cícero); Michael e Alan (Wallas).
Técnico: Justino Oliveira Filho.

Competição - Campeonato Brasileiro - Série C
Local - Estádio Presidente Vargas.
Data - 09 de outubro de 2002.
Árbitro - Genival Batista Lima Júnior (PB);
Assistentes - Marcos Trindade (PB) e Manoel Aguiar (CE).
Renda - R$ 6.070,00.
Público - 1.334 pagantes.
Gols - Ferroviário: 1ºtempo - Ricardo Baiano aos 22 min, Danilo aos 31 e aos 33 min. 2ºtempo - Reginaldo França, aos 6, Arildo aos 31, Reginaldo França aos 37 e Guedinho, aos 37min50segs.
Cartões amarelos -Ferroviário: Édio e Guedinho. Tocantins: Rincón.
Cartão vermelho -Tocantins: Ricardo.
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte