Felipe Melo cobra Patrick de Paula e Lucas Lima após festas clandestinas: "foi um erro grotesco"

A dupla foi multada pelo Palmeiras pela presença em eventos proibidos pelo Governo de São Paulo

Montagem Lucas Lima e Patrick de Paula
Legenda: Lucas Lima e Patrick de Paula estiverem em baladas clandestinas nos últimos dias
Foto: reprodução

O volante Felipe Melo, um dos líderes do elenco do Palmeiras, se posicionou sobre as presenças do meia Lucas Lima e do volante Patrick de Paula, companheiros de clube, em baladas clandestinas de São Paulo. Em entrevista ao TNT Sports, falou sobre os acontecimentos e a cobrança interna.

"Foi um erro grotesco, mas que não pode se repetir. Tivemos reuniões aqui dentro, vamos cobrar como líderes. Nossa direção, presidente, estão cobrando, mas são meus companheiros de trabalho, atletas que jogam junto comigo no Palmeiras e não tenha dúvida que eu jamais vou deixar para trás um atleta meu", comentou.

Felipe Melo grita em comemoração
Legenda: Felipe Melo é um dos líderes do elenco do Palmeiras e cobrou os companheiros
Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Na última sexta-feira (18), o meia Lucas Lima foi visto saindo de uma festa em São Paulo e foi pressionado por torcedores, que o pediram para sair do clube. Na segunda (21), Patrick de Paula foi visto em balada. A dupla foi multada e afastada das atividades e treinamentos com o resto do grupo.

"Esse é um erro que precisamos abraçá-los e fazer eles entenderem que não pode se repetir de forma alguma porque vidas estão sendo ceifadas por causa do vírus e não pode dar mole. Tenho mãe, pai, avó e eu jamais me perdoaria se trouxesse o vírus para dentro de casa", finalizou.

O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira (23) para enfrentar o Bragantino, às 19 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em São Paulo. O confronto é válido pela 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte