Felipão evita comentar atuação do VAR na goleada do Palmeiras: 'Não digo nada'

Quando a partida estava empatada, o árbitro de vídeo foi usado para marcar pênalti, que foi convertido por Raphael Veiga para abrir o marcador no Allianz Parque

Legenda: Felipão comandou o Palmeiras, na última terça (30), em goleada sobre o Godoy Cruz-ARG pela Libertadores.
Foto: Foto: Divulgação / Palmeiras

O técnico Luiz Felipe Scolari evitou comentar sobre a arbitragem na goleada do Palmeiras sobre o Godoy Cruz por 4 a 0, resultado que garantiu o time nas quartas de final da Copa Libertadores. Quando a partida estava empatada, o VAR foi usado para marcar pênalti, que foi convertido por Raphael Veiga para abrir o marcador no Allianz Parque, na noite de terça-feira (30).

À frente do placar, o Palmeiras deslanchou no segundo tempo e fechou a vitória com gols de Borja, Scarpa e Dudu. "Não digo nada. Nada. Não falo sobre isso. Vocês (da imprensa) que são os entendidos, falem", resmungou. 

O Palmeiras agora aguarda pelo vencedor do duelo entre Grêmio e Libertad para conhecer o próximo adversário na Libertadores. O time gaúcho venceu o jogo de ida por 2 a 0. A partida de volta será na quinta-feira (1). Felipão não quis "escolher" o adversário. "Se fosse possível, a gente escolheria passar. Mas não é possível. Tem outro lá do outro lado que também quer. No futebol, ou ganha ou perde", afirmou.

O técnico palmeirense ainda saiu em defesa de Deyverson, que foi criticado pelo técnico adversário, Lucas Bernardi, pois teria provocado os jogadores do Godoy Cruz após a partida. "Ele não fez nada. Apenas entrou, dominou a bola, jogou. Quem bateu foram eles. Não venham com historinha que o Deyverson... ele não fez nada. Portanto, nesse momento, não precisa receber reprimida de ninguém. Quando ele precisa receber algo, a gente fala, mas hoje não. Não concordo com o técnico deles", defendeu.

O clube se prepara agora para o clássico com o Corinthians, domingo (4), em Itaquera, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras tentará retomar a liderança da competição, perdida no último fim de semana para o Santos.


Categorias Relacionadas