Em confronto direto, Vovô chega reforçado contra o Athletico/PR

Iguais na tabela, times se enfrentam na Arena da Baixada. Alvinegro precisa vencer para abrir pontos para o Z-4 e vai reforçado por jogadores importantes que foram poupados diante do Palmeiras, na rodada anterior

Legenda: Luiz Otávio reforça a zaga alvinegra. O atleta não enfrentou o Palmeiras e retorna para ajudar o Vovô
Foto: Thiago Gadelha

Não é exagero afirmar que o Ceará tem apresentado mais futebol do que sua colocação e pontuação na Série A mostram. Após um início animador, com vitórias sobre Bahia, Fortaleza e Flamengo, time teve uma sequência de 3 jogos sem vencer (Bragantino, Goiás e Palmeiras). E com os resultados de ontem na abertura da 14 ª rodada, o Vovô está no Z4, com o clube chegando pressionado por uma vitória.

Powered by RedCircle

E o confronto não poderia ser mais direto na tabela, ao enfrentar hoje o Athletico-PR, às 19h, na Arena da Baixada em Curitiba, já que ambos estão empatados com 14 pontos.

O duelo é vital para o Alvinegro, visto que uma vitória pode recolocar o time entre os 10 primeiros, mas uma derrota vai deixá-lo em situação preocupante, com pontuação próxima ao Z4.

Envolto em uma maratona de jogos, ainda sem semanas cheias para treinos, o Ceará precisou poupar titulares no sábado passado contra o Palmeiras e apesar da derrota por 2 a 1, a atuação agradou, com os reservas mostrando serem boas opções para o técnico Guto Ferreira.

E por ter poupado jogadores, o Vovô chega reforçado para o confronto, com os retornos do zagueiro Luiz Otávio, do lateral-esquerdo Bruno Pacheco e dos meias Fernando Sobral e Vinícius.

O quinto titular poupado contra o Palmeiras, o lateral-direito Samuel Xavier, continua vetado por lesão na coxa. Outro desfalque é o volante Charles, suspenso pelo 3º cartão amarelo e um dos pilares defensivos do Vovô.

Ainda assim, os retornos dos 4 titulares deixam o time de Guto Ferreira bem mais forte, encorpando a equipe para um jogo que promete ser difícil. "É um confronto direto, estamos próximos na tabela. Apesar de ter alguns atletas mais desgastados, vamos entrar em campo para dar nossa vida e conseguir distanciar de vez da zona do rebaixamento. Acho que o segredo é ter inteligência e não temer em nenhum momento. Respeitar, sim, mas ter medo, não. Teremos uma equipe faminta pela vitória", afirmou o meia Fernando Sobral.

Hoje, o Vovô também tem que superar um retrospecto ruim como visitante na Série A. Na atual edição, são cinco derrotas e um triunfo - apenas três de 18 pontos conquistados. O único resultado positivo ocorreu frente ao Atlético-GO por 2 a 0, pela 6ª rodada, em agosto. As 5 derrotas foram para Sport (3x2), Atlético-MG (2x0), Internacional (2x0), Bragantino (4x2) e Palmeiras (2x1), evidenciando uma dificuldade em pontuar fora de seus domínios. O Ceará é melhor como visitante apenas do que o Goiás, que tem dois jogos a menos.

Adversário

O Furacão, que faz uma campanha muito abaixo do potencial da equipe, busca se reabilitar na Série A. O time paranaense terá um desfalque importante para o jogo: o goleiro Santos, que está na Seleção Brasileira e deve ser substituído por Jandrei.

Por outro lado, o técnico Eduardo Barros conta com as voltas de Jonathan, Thiago Heleno, Erick e Léo Cittadini, que já podem começar no time titular, todos poupados contra o Flamengo, na derrota no Maracanã, na rodada anterior.

Ficha Técnica

Série A do Brasileiro - 14ª rodada
Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
8 de outubro de 2020 - 19 horas 

Athletico/PR
Jandrei, Jonathan, Thiago Heleno, Pedro Henrique, Abner, Wellington, Erick, Jorginho, 
Léo Cittadini, Fabinho, Renato Kayzer. Técnico: 
Eduardo Barros

Ceará
Fernando Prass, Eduardo, Luiz Otávio, Tiago Pagnussat, Bruno Pacheco, Fabinho, Ricardinho,
Fernando Sobral, Vinícius, Leandro Carvalho,
Rafael Sobis. Técnico: Guto Ferreira

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO); Transmissão: Rádio Verdes Mares, Tempo Real do Diário do Nordeste e do ge.globo.com/ce

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte