Diego Alves pega bola fora da área contra Athletico/PR na Copa do Brasil

O goleiro do Flamengo cometeu irregularidade passível de expulsão no começo do jogo e arbitragem não marcou nada

Legenda: Árbitro Anderson Daronco deixou o lance seguir sem consultar o VAR
Foto: Foto: Reprodução

Flamengo e Athletico/PR empataram em 1 a 1 pelas quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (10) com muitas intervenções do árbitro de vídeo. Porém, em um lance particular, o VAR não interviu. Aos 10 minutos da primeira etapa, o Furacão lançou a bola ao ataque para tentativa com Marcelo Cirino, impedido por Diego Alves, que se antecipou no lance e tomou a posse com as mãos a quase 1 metro fora da área. 

A ação, de acordo com o comentarista de arbitragem da Globo Paulo César de Oliveira, deveria ter sido punida pelo árbitro Anderson Daronco. "Como a bola estava em disputa e ele comete uma infração, o VAR deveria ter recomendado a revisão, porque ao pegar a bola fora da área ele impede uma situação clara de gol, porque o jogador do Athletico-PR tinha a possibilidade de dominar a bola. Se eu fosse o VAR, recomendaria a revisão para que a falta pudesse ser marcada e o Diego Alves deveria ser expulso"

Ao longo do confronto, o VAR interviu em 3 ocasiões a favor do Flamengo, anulando dois gols do Athletico e um pênalti sobre Cirino.

O jogo de volta ocorre quarta-feira (17), às 21h30, no Maracanã.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte