De torcedor a técnico: Lamar Lima quer novo capítulo na história com o Crato

Equipe estreia no Campeonato Cearense no domingo (9)

Técnico Lamar Lima aparece ao lado de um quadro que mostra o desenho de um campo de futebol
Legenda: De torcedor à técnico: Lamar Lima quer novo capítulo na história com o Crato
Foto: Arquivo pessoal

“O sonho de todo garoto que ama futebol é chegar ao time profissional da sua cidade.” Enquanto corria pelos campinhos de várzea, o pequeno Willemar alimentava o desejo de ser jogador do Crato, equipe do Cariri cearense. O que ele não podia imaginar é que não vestiria apenas o traje de atleta. Além de torcedor, Lamar Lima foi diretor executivo do clube e agora tem nova oportunidade de comandá-la no Campeonato Cearense 2022, que começa neste sábado (8). Aos 41 anos, já abraçou vários papéis numa história de entrega ao clube e segue em busca de grandes conquistas para o Azulão.

O talento nos pés já aparecia na época de escola, aos 12 anos. Aos 17, passou a chamar atenção. Viu jogos no Mirandão, vibrou pelo Crato. Rodou o país defendendo outras camisas. Foi campeão paraibano pelo Botafogo (2003) e pelo Nacional de Patos (2007), com direito a golaço dele. Voltou para casa e encerrou a carreira profissional de atleta defendendo as cores do time do peito. 

“Minha identificação com o Crato é grande. Era uma paixão de criança que foi virando uma coisa mais séria. Eu já pensava: um dia vou jogar no Mirandão.”

Concluiu a faculdade de Educação Física na Universidade Vale do Acaráu (UVA) e foi professor numa escola particular. Depois, foi convidado a assumir a Secretaria Municipal de Esporte, em 2017. A equipe cratense não vivia um bom momento. Como gestor público, Lamar tornou a recuperação do clube foco do trabalho. Queria a Série A. Ao lado de Júnior Tavares, presidente na ocasião, reorganizou o Crato. Chegou até a pagar dívidas com o próprio dinheiro. 

“Aí começou a história para reerguer o clube e chegar ao patamar de hoje. Pagamos as dívidas trabalhistas, fiz o aporte financeiro pela Secretaria de Esportes e conseguimos subir para a Série B. Estruturamos a casa, entrou a gestão do presidente Ivan Barros, que está hoje, e planejamos chegar à Série A do Cearense. E continuei acompanhando os trabalhos de perto.”

O Estádio Mirandão foi recuperado, a torcida voltou a frequentá-lo. O plantel chegou à semifinal estadual da Segundona 2019, mas não conseguiu o acesso. Em 2020, a parceria com o Atlético Cearense, que emprestou atletas, rendeu a sonhada vaga. O próximo passo? Permanecer na elite. Deu certo. Após deixar a Secretaria Municipal, Lamar tornou-se diretor executivo do clube. O grupo amargou a zona de rebaixamento no primeiro turno. Com a saída do técnico Pedro Manta, ele atuou como técnico pela primeira vez e manteve o grupo na primeira divisão em 2021.

“Consegui tirar o time da zona de rebaixamento nas duas partidas restantes. Permanecemos na série A. Jogamos um clássico contra o Icasa, porque o Icasa é o grande da região e dava certa a vitória. Foi meu jogo de estreia no 2º turno, conseguimos ganhar deles. Foi uma alavancada grande. Aí veio a pandemia e parou o campeonato. Aquele momento era do Crato, e a gente chegaria nas cabeças do Campeonato Cearense.”

O Estadual de 2021 foi paralisado por dois meses por decreto do Governo do Estado como medida para combater a pandemia do coronavírus. Isso não impediu que os objetivos agitassem a mente do agora técnico: buscar vaga em uma competição nacional. Ela veio. O Azulão vai disputar a quarta divisão do Brasileiro. Lamar ainda passou pelo Tiradentes, foi campeão invicto da Série C com o Guarani de Juazeiro e…

Técnico Lamar Lima aparece ao lado de um quadro que mostra o desenho de um campo de futebol
Legenda: De torcedor à técnico: Lamar Lima quer novo capítulo na história com o Crato
Foto: Arquivo pessoal

“Estou novamente no Crato para encarar esse campeonato de 2022, começando do zero. Vamos entregar tudo nas mãos de Deus e trabalhar bastante para fazer um grande Cearense, deixar o time na primeira divisão, e depois correr atrás do que vier pela frente. Essa é a história do Lamar com o Crato. É uma história vencedora, de sucesso. A continuidade dela a gente só vai saber no decorrer do campeonato. 

Fechando a primeira rodada do Estadual, o Azulão estreia no domingo (9) quando enfrenta o Icasa, no Estádio Inaldão Lirio Callou. A partida terá início às 16 horas.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte