Cristiano Ronaldo faz 2 gols, mas Juventus é eliminada pelo Lyon na Liga dos Campeões

O time francês enfrenta o Manchester City pelas quartas da competição, em jogo único

Legenda: Os gols de Cristiano Ronaldo não evitaram a eliminação da Juventus
Foto: AFP

O Lyon suportou a pressão e dois gols de Cristiano Ronaldo para garantir uma vaga nas quartas da Liga dos Campeões. O time francês perdeu por 2 a 1, nesta sexta-feira (7), em Turim, mas se classificou por causa da vitória por 1 a 0 obtida cinco meses antes, na França.

O próximo adversário será o Manchester City, que eliminou o Real Madrid. O duelo está previsto para dia 15, em Lisboa-POR, a sede da etapa final da competição devido à pandemia de Covid-19.

O jogo

Primeiro tempo

O primeiro tempo foi marcado por dois erros do juiz alemão Felix Zwayer, que permitiram a marcação de um gol para cada lado. Os 45 minutos foram bastante disputados, mas a forte marcação impediu a criação de chances de gol.

Aos 12 minutos, Aouar invadiu a área da Juventus e Bettancour Deum carrinho legal na bola, mas o pênalti foi marcado. Depay bateu, com direito a cavadinha, abriu o placar e aumentou a vantagem geral do Lyon.

O Juventus devolveu na mesma moeda. Pjanic bateu falta, a bola explodiu no corpo de Depay e o juiz erroneamente marcou penalidade para o time italiano. Cristiano Ronaldo batei forte no canto esquerdo de Lopes, que caiu do outro lado.

Com a necessidade de marcar gols para obter a classificação, a Juventus sentiu muito a falta do argentino Dybala, no banco de reservas por causa de uma lesão. Cristiano Ronaldo apareceu quase nada produziu e, com isso, o time italiano pouco assustou os franceses.

Na melhor jogada dos primeiros 45 minutos, Bernardeschi carregou a bola por quase toda a linha de fundo do lado direito, passou pelo goleiro Lopes e quase fez um golaço.

Segundo tempo

O segundo tempo começou frio. Para o Lyon, o fato de a Juventus não conseguir furar seu bloqueio defensivo estava bom. Já os italianos sentiam a falta do público para superar um momento de falta de inspiração.

Mas, aos 15 minutos, Cristiano Ronaldo resolveu arriscar de fora da área e acertou o ângulo esquerdo de Lopes, que chegou a troca de mão na tentativa de fazer a defesa.

Aos 25 minutos, Maurizio Sarri colocou Dybala em campo. A Juventu aumentou a pressão e o Lyon não conseguiu manter a posse de bola como havia feito no primeiro tempo. Com isso, a bola passou a ficar mais com Cristiano Ronaldo e o português criou boas chances. Uma vez cruzou e Higuaín cabeceou para fora e na outra ele próprio testou por cima do travessão.

Aos 38, Dybala sentiu novamente a lesão no primeiro chute mais forte na bola e deixou o campo totalmente desolado. O argentino chegou a ser consolado pelo brasileiro Danilo.

Os últimos minutos foram nervosos, o Lyon colecionou cartões amarelos por causa do excesso de faltas. Foram sete jogadores punidos. Já a Juventus, nove vezes campeã italiana seguida, e Cristiano Ronaldo colecionaram mais um fracasso na principal competição europeia.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?

Assuntos Relacionados


Tom Barros 23 de Setembro de 2020