Corintianos sofrem racismo de torcedor do Boca Juniors em jogo da Libertadores; veja vídeo

É a segunda vez que caso semelhante ocorre entre as equipes nesta temporada

Imagem mostra homem imitando macaco
Legenda: É a segunda vez que um torcedor do Boca Juniors pratica ato racista contra brasileiros na Libertadores
Foto: Reprodução

Mais uma cena de racismo foi registrada na Libertadores e, outra vez, envolvendo um time brasileiro. Antes do jogo contra o Boca Júniors, torcedores do Corinthians foram vítimas do crime por parte da torcida adversária. Os times se enfrentaram no estádio La Bambonera, na Argentina, nesta terça-feira (17). As equipes ficaram no empate de 1 a 1.

Principal jornal esportivo argentino, o Diário Olé divulgou vídeo do momento, filmado pelos próprios corintianos. Torcedores do time aparecem imitando um macaco em direção ao grupo de brasileiros. Além disso, fazem gestos obscenos.

VEJA VÍDEO:

 

RECORRÊNCIA

Em abril, no primeiro jogo entre os times na fase de grupos, realizado na Neo Química Arena, Leandro Ponzo foi detido por injúria racial contra corintianos. Outros casos ocorreram em jogos do Palmeiras, Bragantino, Flamengo, Fluminense e Fortaleza. 

No caso do Leão, o torcedor Gustavo Sebastián Gómez foi punido com quatro anos de afastamento dos estádios de Buenos Aires. Além de imitar um macaco, ele jogou uma banana na direção dos tricolores. A punição se repetiu para o fã do Boca.

CONMEBOL

A Conmebol anunciou uma série de mudanças no Código Disciplinar.  A entidade busca punir com mais rigor clubes, jogadores e torcedores envolvidos em atos de discriminação. 

Entre as consequências, os clubes podem ser punidos com jogos de portões fechados. Além disso, sofrer punição financeira de até US$ 100 mil (cerca de R$ 500 mil). Caso comentam injúria racial, os jogadores poderão ser suspensos de até cinco partidas.

O time paulista divulgou nota de repúdio sobre o recente caso. O Corinthians diz ser inaceitável o comportamento de parte da torcida do Boca Juniors, além de criticar o tratamento dado aos corintianos na chegada a La Bambonera.

LEIA A NOTA DO CORINTHIANS
 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados