Com gol de Cristiano Ronaldo, Manchester United vence West Ham em jogo de muitas emoções

Vitória suada tem gol de CR7, atuação brilhante de De Gea e "lei do ex"

cr7
Legenda: Cristiano Ronaldo marcou um dos gols do United na vitória sobre o West Ham
Foto: Divulgação/United

Em um clássico jogo da Premier League, Manchester United venceu o difícil West Ham e segue na cola do Liverpool pela lideração do Campeonato Inglês. A partida teve gol de Cristiano Ronaldo, "lei do ex", decisões polêmicas da arbitragem, pênalti no último minuto e defesa espetacular de De Gea. Todos os ingredientes de uma partida emocionante, decidida nos últimos instantes.

O jogo começou com boas oportunidades para os dois lados, demonstrando que seria tarefa árdua superar West Ham dentro do estádio Olímpico de Londres. E isso foi ainda mais claro quando os donos da casa saíram na frente, aos 29 minutos do primeiro tempo, com Benrahma. O meia recebe passe de Bowen e chuta para o gol, contando com desvio do zagueiro Varane.

Gol de CR7

A resposta do United veio minutos depois com o craque Cristiano Ronaldo. Aos 34 minutos, o português recebe cruzamento do compatriota Bruno Fernandes,desvia para o gol, mas Fabianski faz grande defesa. No rebote, de novo CR7, apenas ampurra para o gol.

A partida seguiu intensa no segundo tempo, com boas oportunidades, sobretudo para o Manchester. Cristiano Ronaldo insistiu contra a defesa do West Ham, reclamou pênalti em três oportunidades, uma delas muito clara, mas a arbitragem sequer consultou o VAR.

Final emocionante

Quando a partida já se encaminhava para o final, veio a famosa "lei do ex" em forma de redenção. Ex-jogador do West Ham, Lingard reencontrou a antiga casa e marcou um bonito gol aos 43 minutos do segundo tempo. O meia recebe belo passe de Matic entre os marcadores, avança para dentro da área, puxa para a direita e guarda, no ângulo de Fabianski. Lingard vinha sendo criticado por um erro cometido na partida pela Champions League.

A partida se encaminhava para o final quando CR7 sofreu nova entrada dentro da área, reclamou com a arbitragem, que novamente não marcou nada. Na jogada seguinte, West Ham avançou pela direita e conseguiu um pênalti, quando Yarmolenko acertou o braço de Shaw. Nesta hora, o técnico David Moyes resolve colocar em campo Mark Noble, o batedor de pênaltis do clube. Frio, ajeitou a bola e chutou no canto esquerdo de De Gea, para grande defesa do goleiro. Final da partida emocionante, Manchester 2, West Ham 1.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte