Com campanha do Paysandu e em grande fase no Fortaleza, Pikachu mira Seleção: "todo mundo sonha"

Yago Pikachu é o artilheiro do Fortaleza em 2022

Legenda: Yago Pikachu decidiu o confronto de ida da Copa do Brasil para o Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O grande nome do Fortaleza na temporada é, disparadamente, Yago Pikachu. O camisa 22 marcou os dois gols na vitória sobre o Ceará, em Clássico-Rei válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, e se isolou ainda mais como artilheiro do Tricolor na temporada. O bom desempenho no Leão do Pici rendeu até campanha para que ele seja convocado por Tite para a Seleção Brasileira.

Clube de origem do paraense de 30 anos, o Paysandu lançou uma campanha nas redes sociais com a #PikachuNaSeleção.

Em 2021, ele esteve na seleção do Brasileirão como melhor lateral-direito do campeonato. Embora possa parecer um desejo distante, o jogador do Fortaleza afirma que mantém o sonho de vestir a Amarelinha vivo. Ainda mais em ano de Copa do Mundo.

Olha, em termos de Seleção, acho que todo mundo sonha. Comigo não é diferente. Passei um momento semelhante no Vasco, em 2018, que comecei a fazer muitos gols e, coincidentemente, também era ano de Copa. E os torcedores também pediam, falavam nas redes sociais cobre convocação. E querendo ou não, acaba criando uma expectativa. Talvez não grande, mas la no fundo do coração mantém o sonho de infância, de representar seu país, acaba surgindo novamente. E esse ano graças a Deus venho passando por um bom momento. Se for o caso um dia realizar esse sonho, serei agradecido desde o meu primeiro treinador, lá do futsal, até o Vojvoda, porque envolve muita gente nesse sonho. Mas pretendo fazer o meu melhor aqui no Fortaleza.
Yago Pikachu
Jogador do Fortaleza

O ala-direito do Tricolor é o 2º jogador do futebol brasileiro que mais participou de gols na temporada. Está atrás apenas de Hulk. E Pikachu sabe que, mesmo se não for convocado agora, deve estar preparado para seguir mantendo a regularidade para que possa, um dia, ser lembrado.

"Se as coisas continuarem da mesma forma que estão hoje, mantendo a mesma regularidade, com mais um ou dois anos mantendo o mesmo nível de atuação, de números, que são importantes, acredito que vai ser naturalmente uma possível convocação. E caso aconteça, acredito que vai ser como lateral, porque me considero um lateral. Ofensivo, mas lateral. E já imaginou brigar na seleção de ponta? Com mil jogadores melhores que eu. A concorrência é muito grande. Na lateral, é um pouco menor. Mas a gente respeita as decisões e as convocações que são feitas. Mas é um sonho sempre que a gente sempre tem no nosso coração e espero um dia realizar", finalizou.

O próximo desafio de Yago Pikachu e do Fortaleza será neste sábado (25), contra o Atlético-MG, às 21 horas, no Mineirão, em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte