Com boa atuação, Richard tem chance de se firmar no gol do Ceará

Após superar drama pessoal com séria lesão, goleiro Richard substitui Fernando Prass, que vinha em má fase, e passa segurança em duelo contra o São Paulo. Camisa 91 espera sequência para consolidar titularidade no Vovô

Legenda: Goleiro Richard assumiu a meta alvinegra, antes defendida por Fernando Prass
Foto: KID JUNIOR

Foram 556 dias de muitas dificuldades, superação para enfrentar lesões e paciência para esperar uma nova oportunidade, mas o goleiro Richard tem motivos para, depois de tanto tempo, celebrar o retorno aos gramados vestindo a camisa do Ceará. O arqueiro teve boa atuação no empate em 1 a 1 com o São Paulo, na última quarta-feira (25) pela Série A, e agora terá nova sequência no gol do Alvinegro.

A oportunidade veio em decorrência da má fase de Fernando Prass. O experiente goleiro, de 42 anos, era o titular absoluto do Vovô em 2020, tendo atuado em 51 dos 54 jogos do Ceará na temporada. Porém, vinha cometendo falhas recentes, que geraram críticas da torcida e Guto Ferreira optou pela mudança.

O camisa 91 passou segurança e foi bem quando exigido, realizando ao menos três intervenções complicadas e encaixando as bolas mais simples, sem ter falhado no gol do adversário.

A atuação acabou não somente agradando, mas espantando desconfiança que muitos tinham sobre a condição do goleiro de 29 anos, que não atuava desde 19 de maio de 2019. No dia de Ceará 2 x 1 Grêmio, também pela Série A, ele saiu de campo lesionado.

Desde então, foi submetido a séria cirurgia no joelho direito, por conta de ruptura do ligamento cruzado anterior, e passou um bom tempo afastado dos gramados. Foi preciso superar um verdadeiro drama pessoal, que o impediu de realizar sua profissão.

Quando retornou, ficou no banco para Diogo Silva, ano passado, e Fernando Prass, neste ano. "Só eu e minha família sabemos o que passamos nesse período, de eu não poder estar trabalhando. Fiquei muito feliz com a oportunidade. Foi o momento mais difícil da minha carreira, sem dúvidas. Momento em que minha família me ajudou muito a passar por esse processo. Estou muito feliz por voltar a jogar, sentir aquele frio na barriga e ajudar meus companheiros", destacou ele em entrevista coletiva.

Richard é um goleiro que sempre gerou expectativa na torcida do Ceará. Ele foi contratado em janeiro de 2019, junto ao Paraná, quando o Vovô desembolsou cerca de R$ 1 milhão para adquirir 50% dos seus direitos econômicos.

Contexto

Na época, era o substituto de Everson, excelente goleiro que havia deixado o clube para defender o Santos. Pela boa passagem que Richard teve no Paraná, esperava-se que pudesse repetir as atuações positivas na meta alvinegra. Entretanto, não apresentou desempenho convincente nos 16 jogos que realizou antes de se lesionar e também deixou a torcida com certo "pé atrás".

Mais experiente e fortalecido pela recuperação de um momento tão difícil, o goleiro espera agora se firmar como titular e já projeta o duelo contra o Vasco, na segunda-feira.

"Nós sabemos que vai ser um jogo muito importante. Vasco é uma grande equipe. A gente sabe da dificuldade que é jogar lá no Rio de Janeiro, sabemos que a gente precisa melhorar e fazer um jogo mais constante nos 90 minutos. Estamos oscilando em alguns momentos e o professor tem nos cobrado isso", disse.

Cautela

O torcedor do Ceará espera que Richard possa resolver todos os problemas da meta alvinegra, mas é preciso cautela. Esta foi somente a primeira atuação de Richard no ano, e embora não tenha cometido nenhuma falha, é fato que isso pode vir a ocorrer em breve. Goleiro está sempre sujeito a isso. O que não deve ocorrer é crucificá-lo no primeiro erro.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte