Com aumento de casos de Covid em SC, Chapecoense suspende atividades até segunda

Desde o começo da semana, a cidade de Chapecó, assim como outras do estado, proibiu a realização de jogos no município

Legenda: A Chapecoense suspendeu toda atividade do futebol, em todas suas categorias
Foto: Márcio Cunha I ACF

Um dia depois de a Federação Catarinense de Futebol paralisar o Campeonato Estadual pelas próximas duas semanas, devido ao aumento de casos da pandemia da covid-19, a Chapecoense também seguiu o mesmo caminho. Em uma nota oficial, o clube divulgou que suspendeu todas as suas atividades, seja ela no profissional e na base, até a próxima segunda-feira.

No comunicado, a direção ainda afirma que essa data pode ser prorrogada, caso seja necessário. Ainda nesta semana, para sexta-feira, está agendada uma nova testagem para a detecção do covid-19 em todo o elenco, a comissão técnica e o staff. A doença já matou o presidente da diretoria executiva, Paulo Magro, em 30 de dezembro.

Desde o começo da semana, a cidade de Chapecó, assim como outras do estado, proibiu a realização de jogos no município. Atualmente, a taxa de ocupação das UTIs está em 95,99% em todo o estado catarinense.

Nota

"Na manhã desta quinta-feira, após conversa entre o departamento médico, comissão técnica e diretoria da Associação Chapecoense de Futebol, foi definido que as atividades do clube permanecem suspensas até a próxima segunda-feira. Durante este período avaliações diárias serão realizadas e, caso necessário, o tempo de paralisação pode ser estendido. Nesta sexta-feira uma nova testagem será efetuada em atletas, comissão técnica e staff", disse a Chapecoense em nota oficial.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados