Com atletas lesionados, Guto busca alternativas no elenco

Treinador do Alvinegro pode fazer alterações para partida contra o Galo

As últimas semanas foram de grande desgaste para o Ceará. Com sequência de muitos jogos em curto espaço de tempo, incluindo partidas decisivas pela Copa do Nordeste, o técnico Guto Ferreira já começa a perder atletas por contusão e cansaço e, com isso, tem a missão de buscar alternativas no elenco.

No empate por 1 a 1 contra o Grêmio, foram cinco desfalques, sendo três titulares absolutos e dois reservas imediatos. O lateral-esquerdo Bruno Pacheco (desconforto estomacal), os zagueiros Klaus (dores no joelho esquerdo) e Tiago Pagnussat (desconforto na panturrilha direita), além dos meias Felipe Silva (em transição física) e Vinícius (desconforto na coxa).

Além deles, o volante Fabinho não foi titular também por não apresentar condições de atuar os 90 minutos.

O que se viu em campo foi um Ceará que atuou bem no primeiro tempo, mas caiu bastante de intensidade na segunda etapa. Após o jogo, o próprio volante Charles admitiu que a questão física pesou. "Entramos para o segundo tempo um pouco abaixo do (rendimento) que no primeiro. O jogo é muito cansativo e a gente sentiu mais o final. A gente poderia ter começado melhor", disse o volante.

Em meio às dificuldades, o técnico Guto Ferreira avalia novas mudanças e busca novas formações no elenco para a partida contra o Atlético/MG, no domingo (16), às 11 horas, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

"Nós vamos avaliar. A gente está sempre conversando com o departamento de fisiologia. É importante encher o tanque dos caras, ter jogadores que estejam de tanque cheio. Mas também não pode mudar muito, porque descaracteriza a equipe. Tem que achar jogadores bem pontuais pra gente poder descansar, rodar, dar minutagem pra todo mundo, sem perder a estrutura da equipe e a gente buscar os pontos que nos interessam", afirmou Guto Ferreira.

Powered by RedCircle

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?